sábado, 22 de novembro de 2014

Nova equipe econômica de Dilma indica arrocho fiscal no segundo mandato

Ao optar por Joaquim Levy na Fazenda, definir Nelson Barbosa no Planejamento e manter Alexandre Tombini no BC, a presidente sinaliza que pretende arrumar as contas públicas para resgatar a confiança e tentar tirar a economia do atoleiro

A presidente Dilma Rousseff cedeu aos apelos do mercado e admitiu ontem que precisa mudar urgentemente a política econômica para evitar um segundo mandato desastroso. Depois de muito relutar, escolheu Joaquim Levy, hoje diretor da Bradesco Asset, para suceder Guido Mantega no Ministério da Fazenda. Levy tem um pensamento econômico totalmente oposto ao que prevaleceu nos últimos quatro anos e que levou o país à recessão e a conviver com inflação no teto da meta, de 6,5%.

Como era de esperar, Dilma decidiu criar um contraponto à linha ortodoxa de Levy, comparada à de Armínio Fraga, que seria o ministro da Fazenda caso Aécio Neves fosse o vencedor nas últimas eleições. Ela chamou Nelson Barbosa para o Ministério do Planejamento. O economista foi secretário executivo da Fazenda e criou laços importantes com a presidente ao participar da elaboração de programas como o Mina Casa, Minha Vida. O trio que comandará a economia a partir de 2015 será completado por Alexandre Tombini, mantido na presidência do Banco Central.

O anúncio oficial da nova equipe será feito na próxima quarta-feira. A expectativa, alimentada pelo Palácio do Planalto, era de que a divulgação ocorresse ontem. Mas Dilma não conseguiu fechar todos os nomes para a economia. Estão pendentes os ocupantes do Tesouro Nacional — não há a menor possibilidade de Arno Augustin permanecer no posto, devido aos truques contábeis que minaram a confiança nas contas públicas — e dos bancos públicos, esses ambicionados por políticos.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Saiba como são realizados os sorteios das loterias

Caso não haja possibilidade de realização dessa alternativa, são utilizados 2 globos, com conjunto de bolas numeradas de 0 a 9. Sobre o uso do globo reserva, a prioridade dos números sorteados é do globo principal. O segundo equipamento serve apenas para complementar o primeiro. Além disso, as repetições de números serão desconsideradas.

Modalidades 

Confira as datas e o total de números sorteados referentes a cada modalidade:
Mega-Sena (quarta e sábado):

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 60. São sorteados 6 números por concurso.
Lotomania (quarta e sábado):

É utilizado um globo, carregado com bolas numeradas entre 00 e 99. São sorteados 20 números por concurso. 
Quina (segunda a sábado)

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 80. São sorteados 5 números por concurso. 
Dupla Sena (terça e sexta)

É utilizado um globo, mas, nesse caso, são realizados dois sorteios distintos, de onde são extraídos seis números diferentes em cada procedimento. As bolas são numeradas entre 01 e 50. 
Lotofácil (segunda, quarta e sexta)

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 25. São sorteados 15 números por concurso. 
Timemania (terça, quinta e sábado)

É utilizado um globo, com bolas numeradas entre 01 e 80. Concorrem ao sorteio 80 números inteiros contidos no volante e 80 times de futebol brasileiros, classificados como Time do Coração. 

O sorteio dos prognósticos numéricos consiste na extração de 7 números diferentes. Após o sorteio desses 7 números, é sorteado mais um número no segundo globo para definir o "Time do Coração". 

Na escolha do "Time do Coração", cada time é representado por um número constituído de 2 algarismos atribuído pela área de loterias e exposto no local do sorteio.


A definição do time é dada pela correlação do número sorteado com a relação dos clubes de futebol contidos no banner, que fica exposto nos locais dos sorteios, exceto em estúdio de TV, onde a relação dos clubes é exibida por meio digital.

sábado, 18 de janeiro de 2014

DFTrans amplia horário de atendimento na Rodoviária do Plano Piloto



Unidade do órgão funcionará, a partir da próxima semana, das 8h às 22h e também iniciará expediente aos sábados

O posto da Gerência de Relações com a Comunidade (GRC) do DFTrans, localizado na Rodoviária do Plano Piloto, vai funcionar, a partir de segunda-feira (20), com horário ampliado. Nos dias de semana, os usuários poderão procurar a unidade das 8h às 22h e, aos sábados -dia em que o posto não funcionava-, das 8h às 14h.

"Com essa ação pretendemos nos aproximar cada vez mais da população. À medida que a frota de ônibus vai sendo renovada, muitas dúvidas surgem, e o canal para resolvê-las é exatamente a GRC", lembrou o diretor-geral DFTrans, Marco Antonio Campanella.

Nos postos da GRC, os passageiros do sistema de transporte público coletivo podem, dentre outros serviços, buscar informações sobre horários e itinerários, além de registrar sugestões para criação e/ou alteração de linhas.

Ao todo, são sete postos da GRC distribuídos pelo Distrito Federal, mas somente o da Rodoviária do Plano Piloto, que fica ao lado da administração do terminal, terá o atendimento estendido. Os demais funcionam de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Endereço dos postos da Gerência de Relações com a Comunidade (GRC):

Terminal Rodoviário do Plano Piloto

End: Rodoviária do Plano Piloto de Brasília, Plataforma Térrea Norte (E/F), Lojas 28/29

Telefone: 3224-0376



Terminal Rodoviário de Sobradinho

End: Quadra Central, Conjunto L, Área Especial, Loja 04.

Telefone: 3591-5057



Terminal Rodoviário de Planaltina

Avenida WL 02, Setor Administrativo de Planaltina, Loja 11.

Telefone: 3389-6004



Terminal Rodoviário do Riacho Fundo I

Área Especial 04, Sala 03.



Terminal Rodoviário do Riacho Fundo II

Área Especial 27, Divisão de Obras (Galpão)

Telefone: 3404-1205



Santa Maria Sul

Feira Central de Santa Maria, Santa Maria Centro

Terminal Rodoviário do Setor O

Área Especial C - QNO 14

Telefone: 3585-9505