segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Portais de Dados Abertos do DF e da União estão integrados

Ferramentas fornecem informações públicas sobre diversos temas em formato bruto para qualquer cidadão

Resultado de imagem para site df e união
Os portais de Dados Abertos do governo do Distrito Federal e da União estão agora integrados. Isso significa maior transparência no acesso às informações públicas e mais facilidade para o cidadão.

No Portal de Dados Abertos, o cidadão obtém, por exemplo, informações sobre saúde, sistema de transporte, segurança pública, educação e gastos do governo

O DF é a segunda unidade federativa a fazer a integração. A primeira foi Alagoas. Também já aderiram ao site do governo federal Pernambuco, Rio do Grande do Sul e São Paulo. No entanto, esses três estados disponibilizaram um número menor de informações.

De acordo com o coordenador de Governança de Tecnologia da Informação da Controladoria-Geral do DF, Vladimir Wuerges de Souza, responsável pelo portal local, a atualização ocorrerá automaticamente no site da União quando algo for incluído no novo site do governo distrital.

O Portal de Dados Abertos do Distrito Federal está em vigor desde 24 de julho de 2017. A inclusão e a atualização do conteúdo são de responsabilidade de cada órgão. A gestão política cabe à controladoria.
O que é o Portal de Dados Abertos

É uma ferramenta para que todos possam encontrar e utilizar as informações públicas sobre diversos temas em formato bruto e aberto.

Nele, o cidadão obtém, por exemplo, dados de saúde, do sistema de transporte, de segurança pública, indicadores de educação, gastos governamentais, entre outros.
Diferença entre os Portais de Dados Abertos e da Transparência

O Portal de Dados Abertos apresenta informações em formato bruto. É um serviço que organiza e padroniza o acesso, permitindo a reutilização em aplicações digitais desenvolvidas pela sociedade.

Já o Portal da Transparência fornece conteúdo mais simplificado sobre a execução orçamentária e financeira, com o objetivo de aumentar o controle social sobre as despesas e receitas do governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário