Depois de virar lei em mais de 25 estados e 400 municípios brasileiros, chegou a vez do Distrito Federal, fazer e aprovar a sua lei que fala das obrigações dos síndicos de condomínios no DF, sobre a suspeita de atos de violência contra mulheres, crianças, adolescentes ou idosos em apartamentos ou áreas comuns dos condomínios. Os síndicos terão que acionar a polícia caso sejam avisados por algum morador ou presenciar algum ato de violência

Com o novo coronavírus sendo classificado pela OMS como uma pandemia, o Grupo Sollo, pensando em melhor instruir os colaboradores que atuam em mais de 300 condomínios no Distrito Federal, lançou a Cartilha Básica do Colaborador, um importante instrumento de apoio para o  trabalho de limpeza e desinfecção de  condomínios, com orientações básicas que serão de grande utilidade para os funcionários de condomínios 


CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.