Como fazer revisão para concursos públicos? Especialista do IMP dá dicas para quem está se preparando

                                     

Adiamento de provas pode se transformar em um tempo maior para preparação

O adiamento das provas pela pandemia do COVID-19 pode ser um importante aliado para a aprovação de quem sonha com um cargo público. Durante esse período os concursos públicos que estavam em andamento e com provas agendadas, foram adiados. Mas isso é de longe um motivo para perder o ânimo e relaxar em relação aos estudos.

Para o professor do IMP Concursos Décio Sousa – especialista em matérias de raciocínio lógico, matemática, estatística e gerenciamento de estudos de alta performance, a nossa memória, salvo algumas exceções, absorve informações através da emoção ou pela repetição. No caso de conteúdo para o aprendizado, a repetição é o caminho que vai levar o aluno a fixar a matéria que está estudando, pois a repetição leva à absorção do máximo de conteúdo possível.

“É sabido que esqueceremos as informações com o passar do tempo, mas não podemos precisar um prazo determinado, pois varia caso a caso”, relata. O especialista ressalta a relevância de traçar estratégias de revisão para que o cérebro entenda o que deve ser armazenado.

Então, fica claro que o foco precisa ser naquilo que realmente será cobrado no dia da prova, afinal os editais são extensos, e se o aluno não priorizar, vai acabar se perdendo em meio a tanto conteúdo.

“Se o aluno seguir o que chamamos de  Ciclo Específico de Alta Performance, que consiste em focar nos assuntos que “realmente são cobrados”, dispensar tópicos que não tem incidência em prova, fazer revisão semanal dos assuntos já estudados, será possível sim, estudar o que é cobrado no edital”, afirma Décio.

Confira todas as dicas:

  • A organização é fundamental. Primeiramente, é necessário montar um plano de estudos com a correta divisão do assunto pelo tempo disponível. A sugestão é determinar, também, pelo menos um dia da semana para a revisão de todo o conteúdo já finalizado. Por conseguinte, o aluno deve realizar esquemas/resumos com o amparo de muitas questões de provas anteriores. E por fim, no dia determinado para a revisão no plano de estudos, o aluno deverá revisar o material produzido.  
  • Não há fórmula mágica, a aprovação em concursos requer disciplina e muita dedicação. Estudar por esquemas, resumos feitos com apoio de questões de provas anteriores e revisão semanal dos esquemas/resumos são ótimos caminhos.
  • O aluno precisa entender que o estudo deve ser feito de maneira estratégica e eficiente. Fazer simulados semanais e observar se está alcançando no mínimo 80% de acertos. Lembrar que a revisão deve ser feita toda semana até perceber que já está dominando 100% os assuntos. Depois retirar do ciclo de revisão os tópicos que já não tem nenhuma dificuldade e priorizar os assuntos que ainda carecem de maior dedicação. 
  • A dica para quem teve as provas adiadas é priorizar a revisão dos assuntos que ainda não domina 100% do conteúdo.