Dia Livre de Impostos acontece dia 27 de maio em Brasília

 


Dia Livre de Impostos acontece dia 27 de maio em Brasília


Em protesto à alta carga tributária, lojistas comercializam produtos e serviços sem repassar o valor dos impostos aos clientes


Você sabe a porcentagem de imposto que paga quando compra um celular? E quando abastece o carro? E ao comer um hambúrguer no sábado à noite?  Cada item tem um valor diferente, mas a verdade é que no Brasil a tributação é uma das mais altas do mundo. Com o intuito de conscientizar a população e o varejo sobre a alta carga tributária paga no país, a Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF) e a Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem DF) promovem, nesta quinta-feira, 27, a 15ª edição do Dia Livre de Impostos (DLI).


Neste dia, lojistas participantes vão comercializar produtos e serviços sem repassar o valor da tributação aos clientes. Em alguns casos, os descontos podem chegar a 70% do valor final. A ideia da ação é chamar atenção para o fato de que os impostos representam grande parte do preço dos produtos.


“O brasileiro trabalha, em média, cinco meses para pagar impostos. Além de pagarmos muito imposto, não há transparência no processo de arrecadação e aplicação dos recursos. O Brasil ocupa o 14º lugar em um ranking de 30 países que mais arrecadam tributos e o último a restituí-los à sociedade”, afirma o presidente da CDL-DF, Wagner Silveira Jr.


O presidente defende a urgência de uma reforma tributária para a retomada da economia no país. “O cenário incerto, onde milhares de empresas fecharam e a taxa de desemprego aumentou, a reforma tributária é ainda mais necessária e inadiável”.


O coordenador da CDL Jovem do Distrito Federal, Hugo Leite, reforça que o atual sistema tributário prejudica tanto as empresas quanto a população e, consequentemente, o desenvolvimento econômico do Brasil. “É um efeito dominó: a alta tributação deixa os produtos e serviços mais caros, a população consome menos e as vendas, os investimentos e a geração de empregos do varejo diminuem. Sem emprego, as pessoas diminuem seus gastos e assim por diante. A luta por um sistema tributário mais justo é de todos”. 


Além das lojas comercializarem produtos sem o valor dos impostos, o posto de gasolina Jarjour da 206 norte também participará da campanha e disponibilizará 10 mil litros de gasolina com desconto. O combustível será vendido a R$ 3,79 o litro e cada carro poderá abastecer até 20 litros. A ação mobiliza muitos consumidores e é um símbolo do DLI no Distrito Federal.


Esta edição do Dia Livre de Impostos conta ainda com duas ações no centro de Brasília: um boneco inflável gigante da mascote da campanha, o Impostossauro, posicionado em frente ao Museu da República no dia 27; um painel no CONIC, onde será veiculado um vídeo da campanha, de 21 a 27 de maio. A intenção é reforçar aos congressistas a necessidade da reforma tributária.


O Dia Livre de Impostos foi criado pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem em 2006 e acontece em todos os estados do país em mais de 1.200 cidades. Em 2020, a data contou com a participação de 26 estados e o Distrito Federal com a colaboração de mais de 9 mil varejistas.


Consulte as lojas que estão participando do DLI no site www.dialivredeimpostos.com.br