Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens


A dupla sertaneja mineira Bruno & Lucas acaba de publicar o novo single Beija ou Passa, composição que dá nome ao novo EP que será lançado em breve. A primeira faixa a ser disponibilizada ao público é uma mescla da animação do sertanejo atual com o romantismo que faz parte da identidade dos artistas, com uma letra que retrata a situação de quem ama, mas não é correspondido. O trabalho pode ser ouvido nas principais plataformas digitais.

A carreira de Bruno & Lucas está movimentada. Três dias antes do lançamento de Beija ou Passa, os sertanejos gravaram o primeiro DVD ao vivo das suas carreiras, intitulado como Na Pegada D'us Brutos, que, inclusive, conta com a faixa recém disponibilizada ao público. "Estamos trabalhando muito e já colhendo resultados que nos deixam muito felizes. A nossa música está chegando a mais e mais pessoas. A mesma emoção que senti quando vi todos cantando Beija ou Passa, sinto ao ver o feedback dos ouvintes nas redes sociais", comenta Bruno.

Lucas não esconde a empolgação com este momento dos artistas. "Estamos nos dedicando de corpo e alma, produzindo muito e dedicando todo o nosso tempo e energia para este trabalho. Beija ou Passa tem um refrão fácil de memorizar e a música é gostosa e dançante. Já ouvimos dizer que é uma boa trilha sonora para dancinhas em aplicativos de vídeos. Quem sabe até a dupla faz uma, hein?", brinca o artista.

Confira a letra de Beija ou Passa

Explica

Pro meu coração se é ponto final

Ou vírgula

E aí

Qual é o rolê

Cê vai ou Cê fica

Amanhã já é passado

E o passado não pertence a nós

A quem diga que quem ama é louco

Então sou louco por nós

Cê beija ou Cê passa

Cê beija ou Cê passa

Amor se conquista

Mas o meu você leva de graça

Sobre Bruno & Lucas

Para os amantes da boa música sertaneja Bruno & Lucas chegam com um trabalho inovador, trazendo referências do sertanejo raiz juntamente com o sertanejo universitário de uma forma muito especial. A dupla segue conquistando o público sertanejo de Minas Gerais,  mostrando que isso tudo é só o começo. Uma dupla em perfeita sintonia na vida e na música que espalham alegria, ousadia e paixão por onde passam.

Belorizontino, com 33 anos, Bruno teve seu primeiro contato com a viola caipira aos 17 e bastou um simples ponteado para se apaixonar profundamente pela música.  De Lajinha, Lucas, com 32 anos, sempre teve uma grande referência musical em casa, já que seu pai era sanfoneiro e ele sempre o acompanhava nos forrós da sua cidade. E foi bem nessa época, com apenas 8 anos de idade, que começou sua jornada no mundo musical.

Bruno & Lucas se conheceram através de amigos em comum do mundo musical e bastou tocarem juntos uma vez para nascer essa bela parceria que está estabelecida até hoje. A antiga duplam Bruno Bahia e Rock Sanfoneiro, que futuramente se tornariam Bruno & Lucas, ficou muito conhecida no interior de Minas Gerais passando por várias cidades e deixando fãs por onde passavam.

Em 2017 a dupla lançou suas primeiras músicas autorais: "Dia da Maldade" e "Volta Aê" tocou em várias rádios de Minas Gerais e Goiás. No final de 2019 houveram algumas mudanças na dupla, que assumiu a forma atual e passou a se chamar Bruno & Lucas, iniciando mais alguns trabalhos autorais e conquistando o público por onde passam.

Acompanhe Bruno & Lucas nas redes sociais:

YouTube: https://www.youtube.com/c/BrunoeLucas

Instagram: https://www.instagram.com/brunoelucasofc/

Facebook: https://www.facebook.com/brunoelucasofc/

 


Livre de vírus. www.avast.com.


Quadras 507/508 da W3 Sul mais bonitas e acessíveis. Ibaneis inaugura obras e anuncia piso em concreto para faixa exclusiva; reformas na avenida geram cerca de 800 empregos



Fotos: renato Alves.

A reforma da W3 Sul segue avançando. Nesta quinta-feira (9), foi entregue mais uma obra, a do conjunto das quadras 507/508. Foram sete meses de trabalho e R$ 2,6 milhões de investimento para transformar a paisagem de parte de uma das avenidas comerciais mais importantes de Brasília. O governador Ibaneis Rocha acompanhou a conclusão dos trabalhos ao lado de secretários e gestores de governo, além de comerciantes e moradores da região.

O GDF entregou nesta quinta-feira (9) mais uma obra, a do conjunto das quadras 507/508. Foram sete meses de trabalho e R$ 2,6 milhões de investimento | Fotos: Renato Alves / Agência Brasília

Assim como nas outras quadras já entregues – 509/510 e 511/512 Sul –, foram feitos, na 507 e na 508, serviços de readequação do sistema viário com estacionamentos, reforma total das calçadas com acessibilidade, paisagismo, além de obras complementares de drenagem e sinalização nas vias W2 e W3.

"O trabalho de revitalização da W3 está sendo feito dentro dos melhores conceitos de arquitetura do mundo. A Seduh [Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Habitação] se dedicou muito a esse projeto, então nós temos pisos táteis, acessibilidade e o conceito de valorizar o comércio dessa região. Estamos refazendo os estacionamentos, arrumando as calçadas e colocando à disposição da população uma avenida W3 renovada como um todo", disse o governador Ibaneis Rocha, ao lembrar que a reforma é mais um trabalho em equipe e que envolve várias secretarias e órgãos de governo.

Na ocasião, o chefe do Executivo local anunciou mais obras para a avenida. "Na próxima fase, nós vamos lançar a licitação para fazer todas as calçadas no lado das 700 e em novembro temos a expectativa de lançar a revitalização do piso asfáltico aqui, com uma das vias em cimento para os ônibus passarem sem causar prejuízo. E temos o prosseguimento dessas obras, com o Setor Comercial Sul e, para o início do próximo ano, na W3 Norte", adianta.

Iniciado como projeto-piloto em abril de 2019 nas quadras 511/512, o trabalho de reforma da W3 Sul também foi finalizado nas quadras 509/510 e agora nas 507/508. As demais quadras estão com o seguinte andamento: 502/503, 75% dos trabalhos executados; 504/505/506, com 65% concluídos; 513/514, tem 40% do trabalho feito e 515/516 com 22% de execução.

"É um passo a passo importante, fizemos um cronograma bem-feito. A 507/508 é uma quadra emblemática, uma região importante de Brasília. Até o final do ano, a W3 Sul estará completamente reformada", assegura o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

As intervenções na W3 Sul são resultado de um trabalho conjunto de diversos órgãos, como Secretaria de Obras, Terracap, Novacap, as secretarias de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e de Governo (Segov), CEB e Detran

A reforma das 507/508 é mais uma obra a contar com recursos da Agência de Desenvolvimento (Terracap). "A Terracap, como agência de desenvolvimento que é, está investindo recursos em 11 quadras da W3 nessa revitalização. Com orientação do governador Ibaneis Rocha, nós fomos até além do que era o projeto. Nós iluminamos toda a W3 com lâmpadas de LED, reformamos paradas de ônibus, fizemos calçadas, um monte de coisas além do projeto justamente por acreditar nessa revitalização. E você já vê restaurantes e supermercados abrindo, como uma aposta para o desenvolvimento dessa região", pontua o presidente da empresa, Izidio Santos.

População elogia 
O empregado público Alex Galvão mora no Rio de Janeiro e costuma viajar a Brasília a passeio. A avenida W3 é sempre um ponto no roteiro do mergulhador profissional, que percebe a diferença na paisagem.

"Foi uma surpresa. A obra está muito boa e melhorou muito para nós que andamos de bicicleta. A qualidade do piso é a principal mudança; antes era muito difícil pedalar aqui. Senti mais segurança para passar por aqui", constata.

Para o comerciante José Ribeiro do Nascimento, a reforma da avenida trouxe pontos positivos na mobilidade. "Cheguei aqui em 1979 e conheço a W3 toda. É a primeira vez que tem uma reforma. As calçadas ficaram ótimas; antes elas eram quebradas, e não tinha onde estacionar o carro direito", lembra.
 
A reforma
Em todas as quadras são executados serviços como a reforma dos estacionamentos, nivelamento das calçadas com piso tátil e rampas, arborização, paisagismo, reforma dos becos entre os blocos, pintura, sinalização horizontal, troca da iluminação e melhoria geral do sistema viário e no fluxo de pedestres, com acessibilidade.

O trabalho, que gera cerca de 800 empregos, nunca havia sido feito na W3, desde a sua criação. O serviço que foi projetado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e destacado pelo titular da pasta, Mateus Oliveira.

"Esse governo está integrado em uma das grandes premissas do desenvolvimento urbano, que é a qualificação e requalificação dos espaços urbanos, o que ocorre por meio das vias, das praças, dos equipamentos públicos. A qualidade de vida da população passa por um espaço público onde todos possam transitar, que seja seguro, iluminado e arborizado", aponta.

Ação conjunta
As intervenções na W3 Sul são resultado de um trabalho conjunto de diversos órgãos, como a Secretaria de Obras, a Terracap, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), as secretarias de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e de Governo (Segov), a Companhia Energética de Brasília (CEB) e o Departamento de Trânsito do DF (Detran).

A reforma da W3 Sul foi dividida em grupos. Tanto os serviços feitos nas 509/510 quanto nas 511/512 foram os primeiros a ser finalizados.

Confira, abaixo, o andamento dos demais trabalhos executados nas quadras.

502/503 – 75%
504/505/506 – 65%
507/508 – entregue
509/510 – entregue
511/512 – entregue
513/514 – 40%
515/516 – 22%

 

Dicas para renegociação de contratos de aluguel (IGPM - IPCA) #aluguel #renegociacao #alugueis #inflação #ipca #igmp #corretordeimóveis #imobiliária Trecho principal originalmente exibido na TVBrasil em 03/09/2021 Siga o Marcelo Sicoli nas mídias sociais: No youtube: https://bit.ly/3x0CcjQ #Youtube/Marcelosicoli #instagram/marcelosicoli #Tiktok.com/marcelosicolibsb #facebook.com/msicoli #linkedin : “Marcelo sicoli” #Twitter.com/msicoli #Enterbrazil.com Whatsapp: (61)98162-8891 tags: inflacao, igpm,ipca, aluguel, indicesdealuguel,renegociacaodealugueis,aluguelresidencial,aluguelcomercial,imoveis,compradeimoveis,casapropria, dicas, dicasdenegociação, dicasderenegociacao, inflacaodealugueis,reducaodealugueis,corretordeimoveis,imobiliaria,locador,locatário,inquilino,proprietario

 Dicas de eletricidade residencial e predial





Entrevista #5 Entrevistador: Marcelo Sicoli (corretor de imóveis em Brasília).
Entrevistado: Marco Oliveira (Especialista em inspeção elétrica predial) Instagram: @iepbrasilia facebook.com/IEPvistoriaeletricapredial SITE:
http://www.iepbrasilia.com Siga o Marcelo Sicoli nas mídias sociais: No youtube: https://bit.ly/3x0CcjQ #Youtube/Marcelosicoli #instagram/marcelosicoli #Tiktok.com/marcelosicolibsb #facebook.com/msicoli #linkedin : “Marcelo sicoli” #Twitter.com/msicoli #Enterbrazil.com Whatsapp: (61)98162-8891 Marco Oliveira - 25 anos no segmento de eletrônica, instrumentação e automação industrial na COSIPA/SP; - 10 anos no segmento de elétrica predial atuando em vistorias elétricas de condomínios, shoppings, centros clínicos e indústrias no DF; - Formação Técnica em Eletrônica Industrial, Instrumentação Industrial e Eletrotécnica; - Qualificação em Termografia Elétrica pelo ITC (Infrared Trainning Center); - Projeto no Japão na NSC (Nippon Steel Corporation); SCRIPT APARTAMENTO 1) Que segmento elétrico a IEP Brasília disponibiliza ao mercado de Brasília? 2) Como um comprador ou morador de um imóvel deve agir quanto às instalações elétricas? 3) Quais os dispositivos mais importantes dentro de um Quadro Elétrico? 4) Como podemos definir tomadas tipo TUG e TUE? 5) Quais os cuidados quanto ao choque elétrico direto e indireto? 6) Porque cozinha planejada pode virar um vilão em termos de segurança elétrica? 7) O que vem a ser um cabo desbitolado? 8) Quais os maiores riscos de incêndio em um apartamento quando o assunto é instalação de chuveiros? 9) Qual a recomendação da IEP quanto às vistorias elétricas em imóveis? SCRIPT CONDOMÍNIOS 10) Qual a importância de criarmos um histórico de manutenção do condomínio? 11) A importância de mantermos os diagramas elétricos atualizados conforme projeto? 12) Quais inspeções elétricas preditivas devem ser feitas em um condomínio? 13) Porque realizar termografia nos quadros elétricos? 14) A qualidade de energia elétrica, é importante sua verificação? 15) Posso instalar aparelhos de ar condicionado nos apartamentos quando não foi previsto em projeto? 16) A Norma ABNT 5419 mudou em 2015. O que foi acrescentado nas vistorias? 17) Porque os testes dos dispositivos DR são importantes para a segurança dos moradores e prestadores de serviço de limpeza? Tags: eletricidade,termografia,manutencaopredial,quadroeletrico,chuveiro,prédio,manutencaocorretiva,manutencaopreditiva,manutecaopreventiva, choque,choqueeletrico,comissaodeobras,comissaodeentrega,engenheiroeletricisita,eletricista,engenheirocivil,construtora,incorporadora,chaves,entregadaschaves,casapropria,compradecasa,compradacasapropria, Mercadoimobiliário, imoveis, imovel, corretordeimoveis, consultoriaimobiliária, imobiliária, apartamento, casa, flat, quitinete, fazenda, chácara, condomínio, administracaodecondominio, sindico, sindicoprofissional, gestorpredial, facilities, arquitetura, engenharia, designdeinteriores,arquiteto, engenheiro, CRECI,



Projeto de Lei do deputado José Gomes visa atender demanda futura de aumento da frota de carros elétricos no Distrito Federal

Foto: Marcelo Alves.
Diante das perspectivas de crescimento do mercado de veículos elétricos, o deputado José Gomes (PTB/DF) protocolou na Câmara Legislativa do Distrito Federal o Projeto de Lei 2169/2021 que torna obrigatória, nas garagens de novos edifícios, a preparação elétrica para a instalação de pontos de recarga individuais para veículos híbridos e elétricos.

O parlamentar destaca que estudo recente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) mostra que os veículos eletrificados poderão representar até 62% da frota de carros do país em 2035. "O Distrito Federal precisa estar preparado para esse mercado e devemos começar a agir desde agora, mesmo que estejamos passando, no momento atual, por uma crise hídrica que tem implicado em aumento da energia e um possível racionamento", observa José Gomes. "É preciso adaptar nossos projetos de construção civil para atender essa demanda futura", complementa.

Segunda a Anfavea, a venda de modelos híbridos ou 100% elétricos está crescendo no Brasil e bateu recorde no primeiro semestre deste ano. Foram quase 14 mil veículos emplacados de janeiro a junho, um aumento de 80% na comparação com o mesmo período de 2020. "Essa é uma medida necessária e que irá beneficiar tantos consumidores quanto construtoras ou corporações, pois os compradores levarão em consideração esse requisito na hora de adquirirem ou alugarem um imóvel", ressalta José Gomes.

De acordo com a proposta, apenas novas edificações terão que ter essa previsão, ficando excluídas aquelas já em fase de construção ou que a obra já tenha sido aprovada pela autoridade competente. Caso aprovada pela CLDF, a norma valerá para edificações residenciais, comerciais e prédios públicos com quatro ou mais pavimentos, exceto os projetos que fizerem parte de programas habitacionais do governo do Distrito Federal.



Cotecs em 16 municípios recebem inscrições até terça-feira (14/09) em um dos 46 cursos de capacitação e qualificação oferecidos pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Retomada. Universidade Federal de Goiás (UFG) fará gestão do serviço e emissão do certificado
 

 
Fotos: Renan Oliveira.

Os contemplados serão definidos por meio de sorteio único, de acordo com o número de vagas estabelecidas, tendo ainda 50% das vagas para cadastro de reserva. O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 15 de setembro

O Governo de Goiás, por meio dos Colégios Tecnológicos (Cotecs), abriu 29 mil vagas de cursos gratuitos de qualificação e capacitação profissional em Goiás. As oportunidades de aprendizado estão localizadas em 16 municípios goianos: Ceres, Jaraguá, Uruana, Anápolis, Goianésia, Palmeiras de Goiás, Piranhas, Caiapônia, Goiânia, Porangatu, Goiás, Catalão, Goiatuba, Santa Helena de Goiás, Cristalina e Formosa. Este é o primeiro edital para inscrição em cursos dos Cotecs, unidades da Secretaria de Estado da Retomada, agora sob gestão da Universidade Federal de Goiás (UFG).

As inscrições também são gratuitas e seguem até o dia 14 de setembro pelo site cett.org.br/cotec. O início das aulas será no dia 20 deste mês. Os contemplados serão definidos por meio de sorteio único, de acordo com o número de vagas estabelecidas, tendo ainda 50% das vagas para cadastro de reserva. O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 15 de setembro.

As aulas serão ofertadas pelo Regime Especial de Aulas Não Presenciais (Reanp). Para participar da seleção, é necessário ter idade mínima de 16 anos e ter concluído ou pelo menos estar cursando o Ensino Médio. Os Cotecs têm o compromisso de atender as demandas inerentes à formação de profissionais de capacitação e qualificação com perfil voltado à educação profissional e técnica de forma integrada.

Eixos de formação
Nessa etapa do projeto, serão ofertados cursos gratuitos de capacitação profissional (com carga horária de 40 a 60 horas) e qualificação profissional (de 160 horas a 240 horas). Os cursos foram pensados de acordo com as demandas locais do mercado de trabalho e estruturam-se em eixos de formação profissional distintos, sendo eles: Gestão de Negócios; Turismo, Hospitalidade e Lazer; Segurança; Infraestrutura; Saúde e Ambiente; Informação e Comunicação; Produção Industrial; Produção Cultural e Design; Recursos Naturais e Desenvolvimento Educacional e Social.

A metodologia pedagógica desenvolvida pela UFG prevê "trilhas de conhecimento", que deverão ser percorridas pelos estudantes, sendo cada curso de qualificação ou capacitação uma espécie de módulo para um curso técnico. Ao realizar vários cursos na mesma área, ao final o estudante recebe o diploma de técnico.

Do total de vagas do processo seletivo, 40% são destinadas à comunidade em geral que tenha concluído o Ensino Médio. Os outros 60% estão reservados para os alunos de escolas públicas ou com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e/ou em situação de vulnerabilidade social e/ou com deficiência ou transtornos globais no desenvolvimento.

Quem passa a gerir os Cotecs, em parceria com a Secretaria de Estado da Retomada, por meio da Fundação RTVE, é o Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (CETT). Este é um projeto de pesquisa, extensão e desenvolvimento tecnológico criado pela UFG.

Os Colégios Tecnológicos estão instalados nas seguintes unidades:
Cotec Aguinaldo Campos Netto – Catalão
Cotec em Artes Labibe Faiad – Catalão
Cotec Carmem Dutra de Araújo – Formosa
Cotec Genervino Evangelista da Fonseca – Cristalina
Cotec Goiandira Ayres do Couto – Goiás
Cotec Jerônimo Carlos Prado – Goiatuba
Cotec Célio Domingos Mazzonetto – Ceres
Cotec Maria Sebastiana da Silva – Porangatu
Cotec Fernando Cunha Júnior – Piranhas
Cotec Governador Onofre Quinan – Anápolis
Cotec Governador Otávio Lage – Goianésia
Cotec Irtes Alves de Castro Ribeiro – Jaraguá
Cotec Luiz Humberto de Menezes – Santa Helena de Goiás
Cotec Padre Antônio Vermey – Palmeiras de Goiás
Cotec Ruth Vilaça Correia L. Cardoso – Caiapônia
Cotec Sebastião de Siqueira – Goiânia
Cotec Celso Monteiro Furtado – Uruana

Confira os cursos de Capacitação

• Formação de Preço e Venda
• Matemática Comercial e Financeira
• Neurovendas
• Técnicas de Negociação em Vendas
• Planejamento de Venda
• Planejamento de Compra
• Liderança Organizacional
• Análise de Indicadores Operacionais
• Segmentação e Mercado e Posicionamento
• Fotografia de produtos e tratamento de imagens digital
• Ferramentas de criação e formatação de produtos digitais
• Conteúdo digital e otimização da informação
• Empreendedorismo em setores culturais
• Empreendedorismo em setores tecnológicos
• Modelagem de negócios criativos
• Plano de Marketing
• Mídias Digitais
• Funil de Vendas
• Merchandising e Vitrinismo
• Marketing de Conteúdo
• Redação Empresarial
• Oratória
• Títulos de Créditos
• Elaboração da Política de Cobranças
• Análise de Risco e Cobranças – Score
• Técnicas de Negociação
• Informática
• Rotinas Administrativas
• Relacionamento Interpessoal
• Gestão de arquivos
• Agricultura Básica

Confira os cursos de qualificação

• Assistente de Marketing
• Consultor de Vendas
• Assistente de comunicação
• Auxiliar de Gestão de Agricultura
• Assistente em Manejo e Adubação do Solo
• Análise de Crédito e Cobrança
• Assistente em Produção Agrícola
• Assistente Técnico de Manejo de Pragas, Doenças e Plantas Daninhas
• Auxiliar de Saúde Bucal
• Coordenador de Obras
• Assessor Técnico de Obras
• Auxiliar de Segurança de Computadores
• Apoio ao Usuário Informática (Help Desk)
• Assistente de Estoque e faturamento

Serviço:
Inscrições para cursos gratuitos de qualificação e capacitação profissional nos Colégios Tecnológicos do Estado de Goiás
Vagas: cerca de 29 mil
Inscrições: até o dia 14 de setembro
Onde: cett.org.br/cotec.
Início das aulas: 20 de setembro



Participantes serão contratados para aprendizagem profissional em órgãos estaduais e passam por cursos de qualificação técnica. Eles recebem pagamento no valor de R$ 516,66, vale-alimentação, vale-transporte, seguro de vida, uniforme e crachá. Convocação está marcada para 13 de setembro  



O Governo de Goiás divulgou, nesta sexta-feira (10/09), os nomes dos 5 mil jovens, de todos os 246 municípios do Estado, que foram selecionados para participar do Programa Aprendiz do Futuro. O resultado final está disponível no site www.aprendizdofuturo.org.br.  

A convocação dos selecionados começa a partir da próxima segunda-feira (13/09). Os jovens serão contratados para aprendizagem profissional em órgãos estaduais. Eles ainda passarão por cursos de qualificação técnica e terão o desempenho escolar acompanhado. Os participantes recebem, além do pagamento do programa, no valor de R$ 516,66, vale-alimentação, vale-transporte, seguro de vida, uniforme e crachá.

Sobre a o Programa
O Aprendiz do Futuro oferece vagas para 5 mil jovens de 14 e 15 anos, com renda familiar de até dois salários mínimos. As vagas são para os 246 municípios goianos. Os participantes são alunos da rede pública ou bolsistas da rede particular.

Estudantes com deficiência têm cota de 5% a 10% e não precisam obedecer ao critério da idade. Jovens de comunidades tradicionais (quilombolas, ciganas ou indígenas), vítimas de um ciclo familiar de violência doméstica ou remanescentes do sistema socioeducativo têm prioridade.

Entre os objetivos do programa estão a promoção da inclusão social, aumento na renda familiar, melhoria na qualidade de vida e garantia da permanência do jovem na escola. O projeto visa ainda contribuir para a formação e qualificação técnico-profissional destas pessoas. Por isso, os cursos oferecidos estão entre as principais demandas do mercado, e as disciplinas escolares básicas, como português e matemática, serão reforçadas.



O governador do Estado de Goiás Ronaldo Caiado (DEM), estará no Entorno do Distrito Federal, nesta segunda-feira (13/09). 


A agenda será aberta às 9h com a entrega de 474 moradias em Valparaíso de Goiás, construídas por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), em parceria com o governo federal. Os apartamentos estão distribuídos em quatro residenciais. O total investido foi de R$ 47 milhões – R$ 7 milhões em recurso estadual. Também no município, o chefe do Executivo distribui Chromebooks para alunos da 3ª série do Ensino Médio.

Na sequência, às 11h30, o governador vai à prefeitura de Cidade Ocidental e, às 12h05, vistoria obras de recuperação da GO-521, executadas pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). Às 12h40, estará no Parque Tecnológico do Alphaville e, às 15h20, participa da inauguração da nova sede da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Ainda durante a tarde, às 16h10, Caiado inaugura a reforma e ampliação do Colégio Estadual Divina Olímpio Miranda, no qual foram investidos R$ 326 mil, e entrega 1.367 Chromebooks para estudantes.

No mesmo local, assina ordens de serviço, no valor total de R$ 8 milhões, para retomar obras em dois colégios estaduais de Novo Gama, que foram abandonadas pelo governo anterior, em 2015: Alphaville Paiva e o Residencial Alvorada. As duas unidades fazem parte do projeto Escola Padrão Século XXI.

Serviço:

Assunto: Governador Ronaldo Caiado cumpre agenda em Valparaíso de Goiás e Cidade Ocidental

Quando: Segunda-feira (13/09)

Programação:

9h: Entrega de 474 unidades habitacionais e de Chromebooks para alunos da 3ª série do Ensino Médio

Onde: Residencial Mabel V, – Rua 44, nº 63, Jardim Céu Azul, Valparaíso de Goiás (GO)

11h30: Visita à Prefeitura de Cidade Ocidental

Onde: SQ 19, quadra 21, lote 75, Centro, Cidade Ocidental (GO)

12h05: Vistoria às obras de reconstrução da GO-521, trecho Cidade Ocidental/divisa DF

Onde: GO-521, Cidade Ocidental (GO)

12h40: Vistoria ao Parque Tecnológico do Alphaville

Onde: Rua 18, quadra A, lote 1, Jardim ABC, Cidade Ocidental (GO)

15h20: Inauguração da nova sede da Secretaria Municipal de Assistência Social

Onde: SQ 10, quadra 8, lote 45A, Área Especial, Cidade Ocidental (GO)

16h10: Inauguração da reforma do Colégio Estadual Divina Olímpio Miranda, entrega de Chromebooks para alunos da 3ª série do Ensino Médio e assinatura de ordens de serviço

Onde: SQ 2, quadra 1, Parque Nova Friburgo, Cidade Ocidental (GO)



Líder é aquele que acredita que pode fazer diferença, que pode mudar sua geração


Por Robson Rodovalho

São pessoas que definiram sua vida, seu futuro; pessoas que não acreditam que são líderes por "acidente", mas que foram comissionadas para fazer intervenções libertadoras e transformadoras nas vidas de pessoas. Isso não significa que irão salvá-las, somente o Senhor Jesus pode realizar essa obra, mas que vão construir pontes das pessoas com Deus.

Líder é alguém que acredita que pode, que compensa e que vale a pena investir em pessoas, que essa é a missão que Jesus Cristo lhes deu. Nós, líderes, podemos intervir por meio do Evangelho, do discipulado, das células, dos programas de televisão, da rádio, da literatura, das reuniões da igreja etc.

Líderes são pessoas que não se preocupam primeiramente com ética e respeito quando se trata de salvar e libertar pessoas. Quem está morrendo necessita de intervenções abruptas, violentas. As pessoas que mais zombam, criticam e atacam o evangelho são as mais frágeis. Elas estão gritando por socorro usando uma "armadura" de zombaria ou crítica. Não devemos nos intimidar com isso, mas atacar suas resistências. Os líderes comissionados e decididos, ao assumirem essa missão, colocam-se na brecha para concretizá-la. Vamos aprofundar nesse chamado.

*Robson Rodovalho é bispo, físico e ex-deputado federal brasileiro, fundador, junto com Maria Lúcia Rodovalho, da Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra da qual é presidente.



Nem mesmo as recomendações de manter grande parte do rosto velado pelas máscaras e a necessidade do home office impediram que o setor de beleza tivesse expansão durante a pandemia da Covid-19

 

 

 

Contrariando as estimativas de crise financeira, diante da pausa forçada que a pandemia do novo Coronavirus impôs a todos os países, no Brasil um setor mostrou ser capaz de enfrentar os mais diversos desafios e se manter em destaque - estamos falando do mercado de beleza. O setor, que tinha tudo para ser atingido com a baixa nos pedidos pela especificidade da doença de encobrir o rosto com as máscaras de proteção do vírus, mostrou que as mulheres não deixaram de lado a rotina de beleza. Segundo a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) houve uma alta de 21,9% nas vendas de produtos de cuidados com a pele. O crescimento pode estar atrelado à sensação de bem-estar e cuidado pessoal.

 

Sem poder sair de casa, sem as festas, cinemas ou idas aos restaurantes, o lazer foi comprometido, levando as pessoas para uma busca de cuidados e atenção para consigo mesmo. Isso mostra que a diminuição da circulação social não reduziu o desejo de cuidar da vaidade.

 

Com esse cenário, a indústria da beleza decolou e o mais novo e famoso skincare          se tornou a menina dos olhos do público feminino. Isso pode ser percebido na Capital Federal do país. É o que explica a especialista em maquiagens e beleza e proprietária da SOS Makeup, Letícia Coutinho. “ No início da pandemia, as pessoas reclusas reduziram o consumo. Depois, começaram a se cuidar em casa, tirar fotos para postar em redes sociais, evidenciar os olhos, por conta das máscaras e cuidar da pele. Além de batom mais resistente, os produtos de skincare, máscaras de cílios, delineadores e produtos para sobrancelhas tiveram uma alta procura”, esclarece.

 

Letícia enfatiza que percebeu uma nova forma de consumo, em que as mulheres começaram a buscar por máscaras de cílios, delineadores de cor preta e coloridos e produtos de cuidados com a pele. “Percebemos em nossa empresa que a procura por esses produtos teve um aumento de 30 a 40%”.

 

O que mudou no universo da maquiagem após a pandemia?

 

Coutinho, como especialista em maquiagem, explica que as mulheres estão consumindo novos produtos, pois ficaram muito tempo sem renovar seu estoque, devido ao isolamento social. Além disso, ficaram um período considerável sem ter cuidados com a aparência, e agora, com o retorno gradativo do trabalho presencial, voltaram a se empenhar em adquirir determinados produtos de cuidados com a beleza.

 

Que tipo de produtos uma mulher pode investir e comprar para realçar a beleza mesmo com o uso de máscara?

 

Letícia esclarece que por mais que a máscara cubra grande parte do rosto, as mulheres não conseguem fazer a maquiagem incompleta. Por isso, realizam todo o procedimento para a produção de uma make e investem na produção dos olhos, em batons com alta fixação e as mais básicas usam um lip tint ou um gloss.

 

 

Serviço: Na contramão do isolamento social e uso de máscara, mercado de beleza ganha força e tem crescimento progressivo

Endereço: SOS Makeup -CLN 311 BL C loja 18 - Asa Norte

Whatsapp: (61) 98202 9506

9/11/2021 04:50:00 PM


Por determinação do prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (MDB), o projeto é realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura, com o objetivo de fomentar ações de plantio de mudas e paisagismo para deixar o município de Valparaíso de Goiás mais bonito


Segundo o titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura, Flavio Lopes, nesta sexta-feira (10/09), foi dado início ao projeto de instalação de artes de metais e totalmente artesanais, que vão contemplar balões e rotatórias da cidade.

"Estou me empenhando ao máximo para deixar nossa cidade mais bonita, e logo iniciaremos também vários projetos de paisagismo", afirmou o secretário de Meio Ambiente.

O conjunto de ações faz parte de um planejamento do órgão, que tem se destacado e conquistado o respeito popular. Além das atividades citadas, Flavio Lopes tem atuado com suas equipes para a manutenção e limpeza de áreas públicas valparaisenses.

O foco da prefeitura é seguir executando políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável, arborização e promoção do valor da conservação dos bairros. Prefeitura trabalha para deixar os balões e rotatórias de Valparaíso de Goiás mais agradáveis

 


Em audiência pública da CLDF, moradores cobram que melhorias na W3 Sul cheguem às quadras residenciais

Lideranças comunitárias e moradores das quadras 700 do Plano Piloto pleitearam a manutenção da exclusividade residencial naquela área em audiência pública remota da Câmara Legislativa, que discutiu melhorias para a região. O evento remoto, na noite desta quarta-feira (8), foi transmitido ao vivo pela TV Web CLDF e pelo portal da Casa no Youtube, com participação pelo e-Democracia.

O mediador do debate, deputado Delmasso (Republicanos), explicou que o encontro foi uma reivindicação daquela comunidade. Na qualidade de presidente da Associação de Moradores das Quadras 700 Sul, Carlos Cezar Batista chamou a atenção para as características da região e defendeu a manutenção da área com uso exclusivamente residencial. Entre os pleitos da associação estão a revitalização das praças comunitárias, a exemplo da Praça 21 de abril, e a inclusão das quadras 700 no processo de revitalização da W3 Sul.

De acordo com o subsecretário de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), Vitor Freire, o projeto da Praça 21 de abril, elaborado pela Novacap, já foi aprovado pela Secretaria, assim como suas calçadas lindeiras. Segundo Freire, a Seduh tem acompanhado não apenas os projetos de revitalização da W3 Sul, mas também sua ampliação para as quadras 700. "Este é só o início de uma grande transformação na área", anunciou Freire, ao dizer que a intenção do governo é "resgatar e trazer dignidade para uma área que sempre foi nobre".

Também da Seduh, a subsecretária do Conjunto Urbanístico de Brasília (CUB), Eliana Klarmann, garantiu o monitoramento das questões apresentadas pelos moradores junto ao Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB), que está em fase de revisão. "O interesse da Secretaria é que o Plano de Preservação represente a aspiração da comunidade", afirmou. Referendou este posicionamento a diretora daquela subsecretaria, Scylla Setsuko Mazzoni. Tanto os subsecretários da Seduh quanto o representante da NOVACAP, Paulo Cesar Bastos, disseram que os órgãos estão à disposição da comunidade.

Exclusividade residencial
A manutenção da exclusividade residencial unifamiliar foi reforçada por vários moradores que se manifestaram durante a audiência, a exemplo de José Américo, há quarenta anos na região.  "Nós somos uma área atípica, pois moramos em casas, o que difere da configuração das SQS", argumentou, ao acrescentar que não é contrário às pousadas, mas sim a favor da norma vigente, que prevê a exclusividade residencial.Na mesma vertente, José Daldegan expôs o temor dos moradores de transformações durante o processo de revisão do PPCUB. "As brechas do PPCUB podem, ao invés de preservar, minar o plano urbanístico", alertou.

Quanto a esse aspecto, o representante do Conselho Comunitário da Asa Sul, Carlos Bomtempo, solicitou o envio da minuta do PPCUB às lideranças comunitárias para que os moradores possam analisar a proposta. "Queremos conversa e troca de informações, e não sermos atropelados pelo processo", observou.  Bomtempo informou que no próximo dia 30 haverá um encontro virtual para discutir a questão jurídica do urbanismo de Brasília com os moradores.

Nessa questão, o deputado Delmasso ponderou que o desenvolvimento urbano não está atrelado ao desenvolvimento econômico. No contexto do CUB, ele questionou, por exemplo, a falta de acessibilidade para cadeirantes na W3, entre outros casos de necessidades oriundas do desenvolvimento urbano. Por outro lado, ele enfatizou que não pode haver transformações no CUB para garantir que Brasília mantenha o título de Patrimônio Cultural da Humanidade.

Nesse raciocínio, Delmasso declarou seu apoio à manutenção da exclusividade residencial unifamiliar nas quadras 700, uma vez que este é o padrão naquela área.  Ele sugeriu, ainda, o fortalecimento do desenvolvimento econômico das regiões administrativas a fim de desafogar a concentração de demandas no Plano Piloto. Por fim, o deputado citou a Lei 6.915/2021, que determina a participação da sociedade civil na revitalização de quadras do DF, proposta conhecida como Nossa Quadra.

 Evento reuniu mais de 200 advogados dos mais diversos segmentos



Na noite desta quarta-feira (8) o Movimento Respeito é a Ordem lançou a pré-candidatura de Nilvania do Prado para presidência da subseção do Núcleo Bandeirantes. Thais Riedel, pré-candidata a seccional da OAB-DF pelo Movimento, lembrou a importância das subseções e disse que é preciso critérios claros para distribuição de recursos da OAB-DF. 

 

Nilvania do Prado é moradora do Núcleo Bandeirante, onde tem escritório, e é a atual secretária-geral da subseção. “Estamos vivendo momentos difíceis, com a pandemia agravando as condições de trabalho dos advogados. As subseções da OAB precisam ser um apoio para esses profissionais. Hoje, nossa sala é pequena, com baixa capacidade de atendimento. Nós, da diretoria, dividimos o espaço com o advogado que precisa realizar audiências e fazer atendimento ao cliente”, defende Nilvanaia. 

 

Hoje, a subseção é presidida por Rodrigo Correia, oposição à atual gestão da OAB-DF e tem tido dificuldades em ver atendidas as necessidades da subseção. Thais criticou a relação da atual gestão da Ordem com as subseções que foram oposição nas últimas eleições. “Uma ordem que trata de maneira diferente as subseções por razões políticas não demonstra respeito com a advocacia e está no rumo errado. O que a advocacia do Núcleo Bandeirante tem passado não é respeitoso. Eu sempre digo, vocês são resistência”.  Entre as plataformas de pré-campanha de Thais Riedel está a descentralização de recursos para as subseções com critérios claros e objetivos. 

 

Rodrigo Correia não vai se candidatar à reeleição porque, segundo ele, o momento é das mulheres. “Já dei minha contribuição e agora é a vez das mulheres dirigirem a OAB-DF. Vamos ter mulher na presidência da seccional e em várias subseções”, afirmou. 

 

Durante o evento o advogado Kadmo Felipe, que falou em nome da advocacia jovem, abordou a necessidade de a OAB-DF ter uma política voltada para o jovem advogado, especialmente o aquele que quer empreender. Para o advogado militante da advocacia da pessoa com deficiência, Phellip Ponce. O Movimento Respeito é a Ordem vai garantir acessibilidade e a diversidade para os advogados que são pessoas com deficiência. 

 

No próximo dia 15 será a vez do lançamento do Movimento Respeito é a Ordem em Águas Claras.

9/10/2021 07:42:00 PM


Depois de um ano sem, o Águas Abertas está de volta. Para os amantes da natação e que estão morrendo de saudade de um evento, está chegando a hora



Ainda não garantiu sua vaga? Corre que ainda dá tempo. Pois o 3º Águas Abertas acontecerá dia 19 de setembro, às 9h.

Inscrições até 15/09, na recepção de Águas Claras ou 508 Sul. E você ainda ganha uma touca personalizada Acuas, exclusiva para quem participar do evento. O 13º Águas Abertas acontecerá dia 19 de setembro, às 9h.

Vagas limitadas. Garanta já a sua e não fique de fora de um dos eventos mais tradicionais da Acuas.

Comenta aqui se você já foi ou se já sabe que não vai ficar de fora.



 Em decorrência dos impactos financeiros causados pelas obras do Túnel Rodoviário de Taguatinga, aos comerciantes da região, o governador mandou prorrogar o prazo para pagamento de IPTU e TPL  



Será publicado nas próximas horas, o decreto assinado nesta sexta-feira (10) pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, que estende o prazo para pagamentos de impostos como IPTU e TLP aos empresários afetados com as obras do Túnel Rodoviário de Taguatinga.

De acordo com o decreto governamental, a ampliação do prazo para pagamentos dos impostos, referentes ao  período de 2021 e 2022, se estenderá até o dia 31 de março de 2023.

A iniciativa do governador Ibaneis, considera a necessidade de mitigar os efeitos da crise econômico-financeira causadas nas atividades  comerciais  em decorrência  das obras de construção do túnel de Taguatinga, bem como pelos efeitos da pandemia da Covid 19.

O GDF também considerou as dificuldades financeiras que os comerciantes estabelecidos nas quadras centrais de Taguatinga  vêm enfrentando para cumprir suas obrigações tributárias, em especial ao pagamentos do IPTU e a Taxa de Limpeza Pública (TPL).

9/10/2021 04:37:00 PM
O Deputado DELMASSO tem a honra de convidá-lo para Audiência Pública Remota para discutir sobre  o PL 1.462/2021 - Reconhece como de relevante interesse cultural, social e econômico do Distrito Federal a Feira Permanente do Guará, agendada para segunda-feira (13/set) às 10h


O Deputado DELMASSO tem a honra de convidá-lo para Audiência Pública Remota para discutir sobre  o PL 1.462/2021 - Reconhece como de relevante interesse cultural, social e econômico do Distrito Federal a Feira Permanente do Guará, agendada para segunda-feira (13/set) às 10h


Entrar na reunião pelo link abaixo, depois informe o ID e senha - Zoom.
https://us02web.zoom.us/j/83960658361?pwd=d0pCUTJ3cUwzcEdtblBremF1MndqQT09

 ID: 839 6065 8361
Senha: 049588

Transmissão ao vivo pela TV WEB e pelo Portal e-Democracia.

    

As franqueadoras Dr. Shape, IP School – Inglês Particular e MicroPro criaram promoções que vigorarão entre os dias 10 e 17 de setembro, em homenagem ao Dia do Cliente, comemorado no dia 15

 

Produtos da linha Dr. Shape

 

Dia 15 de setembro é comemorado o Dia do Cliente. Para homenagear o consumidor nesta data especial, as franqueadoras Dr. Shape, IP School e MicroPro criaram promoções, que vigorarão em todas as unidades franqueadas de suas redes. Acompanhe:

Dr. Shape – a maior rede de suplementos alimentares e artigos esportivos da América Latina, com mais de 70 lojas em 15 estados brasileiros e no Distrito Federal, presenteará o cliente com uma vitamina da marca Dr. Shape (vitaminas C, D, E ou Zinco) nas compras acima de R$ 200,00 em produtos das linhas Dr. Shape ou Iconic Nutrition. Promoção válida exclusivamente para compras em lojas físicas, entre 10 e 17 de setembro.



IP School – Inglês Particular – A rede de escolas de inglês particular, que tem 13 escolas no estado de São Paulo e atende alunos de todo o Brasil por meio de aulas presenciais ou virtuais (exclusivamente particulares) oferecerá desconto de 50% na matrícula para todos os novos alunos que se matricularem na Semana do Cliente (entre os dias 10 e 17 de setembro).

MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental – A rede de ensino profissionalizante, com 35 escolas no estado de São Paulo, oferecerá um desconto de 50% nos cursos profissionalizantes de sua grade para novos clientes que se matricularem Semana do Cliente (entre os dias 10 e 17 de setembro). Válido para todos os cursos profissionalizantes (exceto inglês).


Livre de vírus. www.avast.com.


Proposto pelo Instituto Sicoob, programa quer fomentar cidadãos mais conscientes sobre a cultura da colaboração



Estão abertas as inscrições para o Concurso Cultural do Instituto Sicoob, com o tema "Cooperativismo, uma forma de viver". Este ano, podem participar estudantes dos 3º e 5º anos do Ensino Fundamental I de escolas convidadas das redes pública e privada e de cooperativas escolares de todo o Brasil.

O objetivo, segundo Daiane Lara Landim, analista de Projeto do Instituto Sicoob, é difundir o conceito de cooperação para as crianças. "Queremos que eles se tornem cidadãos conscientes e responsáveis, fortalecendo a cultura da cooperação", diz.

Os alunos mais novos poderão se expressar por meio de desenhos, enquanto os mais velhos vão escrever textos narrativos de até 25 linhas. As premiações serão realizadas em três etapas: locais (cooperativas Singulares), regionais (Centrais Sicoob) e nacional.

As crianças irão concorrer a kits escolares, tablets e notebooks, enquanto os professores podem ganhar de R$ 1 mil a R$ 3 mil. As escolas também competem para ganhar data show e caixa de som.
"Nós propusemos uma reflexão, com debates e produção de material sobre o cooperativismo, mostrando que a cooperação é uma escolha, uma maneira de levar a vida", explica Daiane. As inscrições estão abertas até 10 de setembro e podem participar escolas convidadas por cooperativas Sicoob, que preencherem ficha no site www.concursocultural2021.com.br. Em novembro, serão divulgados os resultados. As informações serão publicadas em www.institutosicoob.org.br.

Consumo consciente
Em sua última edição, em 2019, o Concurso Cultural do Instituto Sicoob fomentou a reflexão sobre o consumo consciente e o capitalismo. Participaram quase 760 escolas de 15 estados, mais o Distrito Federal, o que envolveu mais de 60 mil alunos. Ao todo, desde o início do programa, em 2011, o Instituto Sicoob movimentou mais de 175 mil estudantes. "O impacto que queremos promover não envolve números, mas sim o futuro desses jovens. Esse programa visa conscientizar crianças e jovens que podem ser figuras ativas na construção de um mundo mais colaborativo".

Sicoob DFMil 
O Sicoob DFMil tem o objetivo de oferecer um atendimento personalizado para todos os associados. Para isso, investiu no relacionamento por meio dos canais digitais, a fim de oferecer um melhor suporte aos associados. Segundo uma pesquisa realizada pela Sercom, 64% das pessoas preferem ser atendidas nos canais digitais das empresas (WhatsApp/Telegram (28%), chat (28%) e redes sociais (8%) em vez do atendimento tradicional (email, telefone)



Antes do começo da pandemia do coronavírus, a cooperativa já estava implementando o atendimento digital. O processo foi acelerado e aperfeiçoado para levar aos associados todo atendimento humanizado, serviços e produtos com excelência e segurança.

O Sicoob DFMil buscou diminuir as barreiras de forma dinâmica e personalizada. Para isso, foi feita uma análise da jornada do cliente, identificação dos itens que precisavam ser aprimorados, além de fornecer os equipamentos e a instrução para os colaboradores.

Por meio da transparência, os colaboradores estabelecem um bom diálogo com o associado, agregando real valor à experiência dele. Para garantir que esse contato seja realmente relevante, os profissionais são treinados para resolver o problema do cooperado com gentileza, tranquilidade e empatia.

O Sicoob DFMil visa ter o melhor e mais eficiente atendimento para os integrantes da Segurança Pública do Distrito Federal, síndicos e administradoras de condomínio. Entre em contato com o atendimento e saiba mais: (61) 99606-0386.



Mortes por choque elétrico foram maiores que mortes em incêndios por sobrecarga. Dispositivo DR, que evita instantaneamente estes incidentes, é recomendado por especialista. Engenheiro Eletricista Fábio Amaral mostra DR em um quadro elétrico residencial. Dispositivo interrompe choque elétrico   



Os acidentes com energia elétrica, abrangendo choques elétricos, incêndios por sobrecarga e descargas atmosféricas (raios), atingiram a marca de 759 ocorrências no primeiro semestre de 2021 – e 402 mortes –, segundo dados recentes da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel). Somente os choques somaram o número de 441, resultando na perda de 355 vidas – 86 pessoas conseguiram se recuperar.

Os dados revelam uma tendência de aumento comparado com 2020, quando foram apontados 741 acidentes e 398 óbitos, mas ainda menor que o ano de 2019, por exemplo, com 826 ocorrências e 434 notas de falecimentos. E, para agravar ainda mais a situação, há um dado bem preocupante: as mortes por choque elétrico foram maiores do que as mortes em incêndios por sobrecarga.

De acordo com a pesquisa da Abracopel, grande parte dos acidentes com choques elétricos ocorreram nas residências, local que, teoricamente, as pessoas se sentem mais seguras. Conforme o levantamento, foram dentro dos lares 133 acidentes e 116 mortes. Em 2020, foram 127, ao todo; e, em 2019, 138.

Dado que o primeiro semestre de 2021 trouxe a flexibilização do isolamento social e que a vacinação esteja caminhando a passos largos, as pessoas estão passando mais tempo fora de casa. "No ano passado, como muitas empresas adotaram o teletrabalho, foi possível que os cidadãos olhassem mais de perto os problemas da casa, observando as situações de risco e fazendo os consertos necessários", explica o diretor-executivo e engenheiro da Abracopel Edson Marinho.

Em sua perspectiva, é por isso que os acidentes não aumentaram. "Mas agora estão voltando", diz Marinho, que alerta: é preciso prestar atenção em detalhes banais, como, por exemplo, tomadas, fios soltos, extensões, entre outros.

Outro contratempo está nas instalações elétricas de residências mais antigas, que possuem somente fusíveis ou disjuntores para a proteção, como explica Fábio Amaral, engenheiro eletricista e diretor da Engerey, empresa curitibana especializada na montagem de painéis elétricos que atende todo o Brasil.

"Atualmente, para interromper o perigo de choques elétricos, existem equipamentos como o Diferencial Residual, também conhecido como DR, capaz de evitar fugas de energia em um circuito elétrico, que pode acontecer em choques elétricos, fios desencapados, condutores mal isolados ou em contato com carcaças. Detectando anomalias na rede elétrica, o dispositivo desliga imediatamente o circuito, evitando agravamento do choque elétrico", garante Amaral.

Crianças e idosos

Todo mundo sabe que a tomada é sinônimo de perigo para as crianças. No entanto, o estudo da Abracopel traz uma informação interessante: idosos também são as principais vítimas de acidentes domésticos envolvendo eletricidade. "Portanto, dentro das residências, a recomendação é que a atenção seja redobrada, essencialmente com crianças pequenas e idosos. A situação das instalações elétricas das casas deve ser um ponto prioritário na vida das pessoas: a maioria das casas construídas há mais de 20 anos não possui capacidade para 'aguentar' a quantidade de equipamentos que temos", observa Amaral.

O uso do DR é obrigatório desde 1997, de acordo com o item 5.1.3.2.2 da Norma Brasileira (NBR) 5410, nos seguintes circuitos: que servem a pontos de utilização situados em locais que contenham chuveiro ou banheira; que alimentam tomadas situadas em áreas externas à edificação e em ambientes internos, que possam vir a abastecer equipamento em área externa; e que servem  a pontos de utilização localizados em cozinhas, copas, lavanderias, áreas de serviço, garagens e demais dependências internas, normalmente molhadas ou sujeitas a lavagens constantes.

Confira as dicas de procedimentos e atitudes da Engerey Painéis Elétricos, que podem minimizar os riscos de envolvimento com acidentes elétricos:

Ter um DR no quadro elétrico. Este equipamento desarma a rede elétrica quando uma fuga de corrente elétrica é detectada, evitando choques;
Na área profissional, utilizar equipamentos certificados conforme as normas da ABNT, como a NBR 16384/2020;
Em caso de manutenções, contratar o serviço de um profissional experiente e habilitado na área;
Não fazer "gambiarras";
Nunca deixar equipamentos elétricos perto da água;
Manter o quadro de energia sempre em ordem;
Evitar usar o celular enquanto ele está carregando.

João Alfredo Lopes Nyegray*


Depois de quase duas décadas da invasão estadunidense ao Afeganistão, o país centro-asiático volta aos noticiários de forma dramática. O grupo fundamentalista Talibã dominou o Afeganistão desde a metade da década de 1990 até 2001. Após os ataques terroristas aos Estados Unidos , em 11 de setembro de 2001, o grupo recusou-se a entregar Osama Bin Laden aos EUA, que invadiu o país naquele mesmo ano e expulsou o Talibã de sua capital.

Desde então, os EUA investiram mais de um trilhão de dólares no Afeganistão, considerado um país estratégico não apenas por suas reservas de recursos naturais, mas também por sua localização: próximo do Irã, Índia, China e Paquistão – o único país de maioria muçulmana a ter bomba atômica.  Em meio à retirada das tropas dos EUA – prevista para encerrar-se totalmente no mês de setembro –, o grupo fundamentalista Talibã retomou o controle do Afeganistão neste domingo, 15 de agosto.

Ainda que tenham sido expulsos da capital Cabul e de várias outras regiões do país em 2001, o Talibã nunca foi totalmente derrotado. Sua retomada do Afeganistão neste mês é o ponto máximo de uma campanha iniciada há alguns meses. Enquanto o exército oficial do país – treinado pelos EUA – retirava-se de áreas de batalha, o grupo recolhia armas e munições pelo caminho. Pela rápida evolução do Talibã pode-se afirmar que o grupo é muito mais do que insurgente.

Desde que o Talibã cercou Cabul, entre sexta-feira 13 e segunda-feira 16 de agosto, tristes imagens chegaram até nós. Ruas congestionadas no caminho em direção ao aeroporto internacional, famílias inteiras desesperadas correndo para entrar em qualquer avião, tiros disparados ao alto numa tentativa de conter os angustiados. Os professores já se despediram de suas alunas, acreditando que nenhuma menina maior de 10 anos poderá ter acesso à educação, como foi na outra época de domínio do grupo sob o país.

O presidente Ashraf Ghani deixou o Afeganistão, e foi seguido por outros políticos de forma quase imediata. No domingo 15 de agosto, os Talibãs já estavam no palácio presidencial alegando que a guerra havia acabado e que o país estava livre de seus dominadores. De um lado, o grupo extremista afirmou buscar o diálogo e uma transição pacífica de poder. De outro, garantiu  buscar a conversão total de seu país e dos demais à visão mais conservadora e radical do islamismo. Alguns relatos dão conta de que estão exigindo que as famílias entreguem meninas e mulheres solteiras para que se tornem esposas dos combatentes. Por tudo isso, a afirmação Talibã de que respeitará os direitos das mulheres parece ser apenas uma tentativa de acalmar os ânimos de quem tenta fugir, para impor novamente seu domínio radical.

Em fevereiro de 2020, ainda sob o governo Trump, os EUA e o Talibã assinaram um acordo de paz no Catar. Dentre os objetivos do acordo estava não apenas a retirada das tropas estadunidenses do Afeganistão, mas também a possibilidade de que essas tropas continuassem no país em caso de qualquer escalada de violência. Ainda que Cabul não tenha sido atacada nos últimos dias, o governo norte-americano se apressou a retirar seus nacionais do país.

Biden, até então, afirmava-se comprometido em retirar os estadunidenses dali. A grande dúvida no momento é se o atual presidente dos EUA cumprirá essa promessa, abandonando os afegãos à própria sorte. Os chineses já reconheceram o Talibã como governante oficial em seu país. Mês passado, representantes do grupo estiveram na China e disseram que jamais permitirão que alguém use o solo de seu país contra os chineses.

Os russos já declararam estar prontos para reconhecer o Talibã como a autoridade legítima do Afeganistão. Enquanto imagens femininas são pintadas e cobertas por toda Cabul, o Conselho de Segurança da ONU segue em reunião, discutindo os rumos que estão tão indefinidos quanto o futuro dos agoniados afegãos. A dúvida no momento é se Biden cumprirá sua promessa de retirada total das tropas, ou se os EUA retornarão ao país que invadiram há quase duas décadas, numa das mais caras guerras de sua história. Como fica a chamada guerra ao terrorismo? Poderia o acuado Estado Islâmico usar o Afeganistão como uma nova base? 

Esse é o momento chave para definir qual será o legado de Joe Biden na presidência dos EUA: se um pacifismo pouco misericordioso, ou uma nova etapa na guerra ao radicalismo.

*João Alfredo Lopes Nyegray, advogado, bacharel em Relações Internacionais, especialista em Negócios Internacionais, mestre em internacionalização e doutorando em estratégia. É professor de Geopolítica e Negócios Internacionais e coordenador do curso de Comércio Exterior na Universidade Positivo.

CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.