Mostrando postagens com marcador Distrito Federal. Mostrar todas as postagens

O Vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, reuniu amigos e celebrou seu aniversário de 58 anos  com uma grande festa junina nesta sábado (4). Britto nasceu no dia 4 de junho de 1964 e para comemorar a data escolheu o tema da tradicional festa do mês do mês junino


Foto: Facebook.

O Arraiá Amigos do Paco Britto teve direito a comidas típicas, decoração junina, fogueira, apresentação de danças de quadrilhas regionais e show musical.

O político e empresário Marcus Vinicius Britto de Albuquerque Dias, mais conhecido como Paco Britto, agradeceu amigos e familiares que prestigiaram a festa e estiveram presentes para a confraternização. "Só tenho que agradecer por esse dia maravilhoso rodeado de amigos e familiares. Obrigado a todos que compareceram ao meu aniversário e me felicitaram", afirmou.

Como o setor público e privado podem juntos melhorar a oferta de educação de qualidade no Distrito Federal? Esse foi o tema principal do painel realizado pela Secretaria de Educação e pelo Sindicato dos Estabelecimento Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe-DF) durante a 1ª Semana de Gestão Escolar Empreendedora. Parceiro da inciativa, o Sistema Fecomércio-DF disponibilizou seu auditório, na sede da Federação, para reunir os participantes do evento

Foto: Sinval Souza.

O encontro contou com a presença da deputada distrital Jaqueline Silva e da presidente do Sinepe-DF, Ana Elisa Dumont. O presidente José Aparecido Freire abriu o ciclo de falas com um discurso de boas-vindas. Ele relembrou parcerias realizadas com o Sinepe-DF no âmbito do Sindicato do Comércio Varejista de Material de Escritório, Papelaria e Livraria (Sindipel-DF), do qual também é presidente.

"Sabemos que as escolas particulares sofreram muito na pandemia com a inadimplência e evasão escolar. Algumas perderam cerca de 21% dos alunos. Isso afetou também o ramo de papelarias. Por isso trabalhamos com o Banco Regional de Brasília (BRB) na criação do programa Avança DF, com crédito e taxas especiais para ajudar as empresas nesse momento de retomada", disse Aparecido.

O presidente do Sistema Fecomércio-DF também destacou que o Sesc e o Senac estão de portas abertas para firmar parcerias e assinar acordos de cooperação. O intuito é ajudar no processo de recuperação econômica, com projetos de qualificação e inserção profissional no mercado de trabalho. "Sesc e Senac são de toda a população do Distrito Federal", ressaltou Aparecido.

Pesquisa do Instituto Fecomércio-DF confirmou o crescimento das vendas no varejo durante o Dia das Mães deste ano. De acordo com o levantamento, o comércio vendeu 16,17% a mais que no ano passado. Para 86,8% dos entrevistados, as expectativas com relação à data comemorativa foram alcançadas, sendo que mais da metade dos lojistas entrevistados (57%) disse ter faturado acima do esperado. Outros 35,80% atestaram que as vendas foram de acordo com a projeção. Apenas 7,2% avaliaram negativamente o desempenho



A pesquisa pós-vendas mostrou dados bem próximos do levantamento feito antes da data. O valor do ticket médio passou de R$ 254 (expectativa) para R$ 246 (efetivo) – leva queda de 3,2%. Quanto às formas de pagamento, o cartão de crédito confirmou a previsão de maior adesão pelos consumidores, com 83,2%. Outros 16% decidiram pagar no cartão de débito e apenas 0,8% liquidaram a dívida por meio de dinheiro ou PIX.

O estudo indicou ainda que 74,6% dos lojistas utilizaram alguma estratégia de vendas.  Esse percentual teve um leve crescimento quando comparado com a expectativa de 73,52% medida na pesquisa pré-vendas. Entre as estratégias, a visibilidade da loja foi a mais utilizada (23,09%), seguida pela promoção (20,69%). Ainda foi perguntado se os lojistas acreditavam que as estratégias de vendas foram eficazes, dos quais 95,17% responderam afirmativamente.

A grande maioria dos comerciantes (77,20%) manteve os preços exercidos. Outros 22,80% aumentaram. O indicador da variação média de preços apurou um aumento de 10,68% ou seja, o aumento nos preços foi ligeiramente maior do que o esperado, que era de 9,33%. As justificativas dos lojistas para o reajuste foram repasse ao fornecedor (85,84%), aumento do dólar (10,62%), aumento de impostos (3,54%).

"Os índices de pré e pós-vendas ficaram muito próximos. Isso demonstra que nossas pesquisas captam o impacto do consumo sazonal na nossa economia e nos permite subsidiar o empresariado local no planejamento de melhorias para os seus negócios e tomadas de decisões", avalia José Aparecido.

Metodologia
Os dados foram coletados entre os dias 11 e 19 de maio de 2022. A abordagem aos lojistas, estrategicamente direcionada aos diretores e gerentes, deu-se de forma telefônica, compreendendo uma amostra de 500 empresas de diferentes segmentos, concentradas em várias regiões do DF.

Para garantir um resultado mais fidedigno possível, a pesquisa pós-vendas foi aplicada no mesmo campo amostral utilizado para a pesquisa sobre a expectativa de vendas para o Dia das Mães, realizada em março de 2022.

O principal objetivo da segunda medição, sempre realizada após a data comemorativa, é apurar o resultado das vendas efetivamente alcançadas para subsidiar estudo comparativo entre as expectativas registradas e as vendas realmente concretizadas.

Nas redes sociais, o governador afirmou que desde o início se posicionou contrário à venda da Celg para a empresa italiana

Print vídeo.

Em suas redes sociais, nesta sexta-feira (10), o governador Ronaldo Caiado contestou as declarações do presidente da Enel Goiás, José Nunes, durante audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, na última quinta-feira (09). "A Enel parece que ainda não entendeu que em Goiás acabou a época dos negócios por debaixo dos panos. Não vamos admitir que a empresa discuta a venda da sua concessão como distribuidora de energia elétrica no Estado sem dar a devida transparência a todo o processo", cobrou o governador.

Questionado sobre a falta de transparência em relação a uma possível venda do controle societário da empresa em Goiás, Nunes alegou necessidade de sigilo sobre o processo. Segundo o executivo, a empresa está seguindo a orientação de advogados e que, por conta da assinatura de um termo de confidencialidade, não poderia antecipar tais informações.

Caiado ressaltou que a empresa não cumpriu o compromisso de melhorar o serviço de fornecimento de energia elétrica. "A Enel caminha para descumprir pelo segundo ano consecutivo as metas de melhoria dos serviços da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica] e isto pode lhe custar a perda da concessão. O melhor caminho é que ela desista de tentar lucrar com a operação de venda e transfira o controle. Queremos a Enel fora de Goiás", afirmou o governador.

Durante a audiência, o presidente da Enel disse que até o momento não há nenhum acordo para a venda da companhia. Nas redes sociais, o governador afirmou que desde o início se posicionou contrário à venda da Celg para a empresa italiana. "Desde que eu estava no Senado venho lutando contra essa operação criminosa que foi a venda da Celg para uma empresa que não tem capacidade de atender os goianos como merecemos", lembrou Caiado.

O chefe do Executivo comentou ainda que as deficiências no fornecimento de energia são entrave ao desenvolvimento do Estado. "É por culpa da negligência da Enel que a economia goiana não cresceu ainda mais nos últimos anos. O setor produtivo tem sido penalizado pela falta de investimentos da empresa. Não vamos admitir que a Enel saia de Goiás de fininho, sem sofrer as consequências pela falta de compromisso com nossa gente".

A partir desta segunda-feira (13), os veículos estarão em exposição para o exame dos interessados

Foto: Renato Alves.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) promoverá nos dias 20 e 21 de junho um leilão on-line de veículos que foram recolhidos ao depósito. A próxima hasta pública contém lotes de veículos classificados em duas categorias: sucatas e conservados, esses últimos estão aptos para voltar à circulação.  

O leilão ocorrerá na modalidade on-line, por meio do site da Flexleilões: www.flexleiloes.com.br. Os veículos estarão em exposição para o exame dos interessados entre os dias 13 e 17 de junho, das 8h30 às 17h30, no Pátio da Flexleilões, situado no STRC Sul, Trecho 02, conjunto B, lote 02/03 (próximo ao Detran do SIA).

Leilão de veículos recolhidos
Neste leilão serão vendidos 996 veículos, sendo 252 destinados à circulação e 744 classificados como sucata. No dia 20 de junho ocorrerá a venda das sucatas. Já o leilão dos veículos conservados ocorrerá no dia 21. Os bens serão vendidos no estado físico em que se encontram e serão entregues livres de qualquer ônus existente até a data da arrematação.  

Para participar do leilão o interessado deve efetuar o cadastro no site da Flexleilões (www.flexleiloes.com.br), até o dia 16 de junho.  Na modalidade on-line os lances são realizados, por meio de acesso identificado, no site do leiloeiro, a partir das 8h30 do dia 18 de junho até a data do leilão. Entre os veículos conservados, destaque para: CITROEN DS5 TURBO165A6, ano 2013, cor branca, no valor de R$ 7.500,00; M. BENZ C 200 K, ano 2008, cor prata, no valor de R$ 6.000,00; M. BENZ C180 TURBO, ano 2013, cor prata, no valor de R$ 7.500,00 e um HYUNDAI SONATA GLS, ano 2011, cor preta, no valor de R$ 6.500,00.

Neste ano, o Detran-DF já promoveu dois leilões de veículos. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, o veículo removido a qualquer título e não reclamado pelo proprietário dentro do prazo de 60 dias, contado da data de recolhimento, será avaliado e levado a leilão.  

6/10/2022 04:42:00 PM

 


A Câmara Legislativa promove nesta terça (14/6), às 10h, sessão solene para homenagear o Ano Família Amoris Laetitia. De autoria do deputado distrital João Cardoso (Avante), o evento marca o quinto aniversário da Exortação apostólica Amoris Laetitia (A alegria do amor) sobre o amor na família, será transmitido ao vivo pelo Youtube da CLDF.

A convocação de um “ano especial dedicado à família Amoris Laetitia” foi feita pelo Papa Francisco em março do ano passado, durante a celebração da Sagrada Família. O evento foi inaugurado no dia 19 de março de 2021, com encerramento previsto para o dia 26 de junho deste ano, em Roma (Itália), no Encontro Mundial das Famílias.

De acordo com o parlamentar, a iniciativa do Papa Francisco tem papel importante na reflexão sobre a convivência familiar nos tempos atuais.
"A família é essencial para o nosso desenvolvimento e construção de valores como cristão e ser humano. E o amor é com certeza indispensável para uma comunhão sincera, recíproca e serena. Prova disto é a família de Nazaré que, com muito amor e ternura, criou o Filho de Deus", afirma João Cardoso.

Durante um ano (2021-2022), o Dicastério voltado para os Leigos e a Família ofereceu atividades e recursos para viver a espiritualidade familiar, a formação pastoral e a preparação para o matrimônio, a educação dos jovens na maturidade afetiva, na santidade dos casais e das famílias que vivem a graça do sacramento em sua vida cotidiana.

Na arquidiocese de Brasília acontecerão atividades multicêntricas, ou seja, em vários lugares ao mesmo tempo, sob a responsabilidade da Pastoral Familiar, visando a formação das famílias e a vivência concreta da Exortação apostólica Amoris Laetitia.

Serviço:
CLDF presta homenagem ao Ano Amoris Laetitia, ano de reflexão dedicado às famílias
Data: 14 de junho de 2022
Horário: 10h
Local: Plenário da Câmara Legislativa

Daniel Medeiros*


Há alemães, sobretudo na elite cultural, que ainda lamentam publicamente o fato de a Alemanha ter obrigado Einstein a fazer as malas, mas ninguém admite que era um crime bem maior matar o pequeno Hans Cohn da esquina, mesmo que o pequeno Hans Cohn não fosse um gênio (in: Eichmann in Jerusalém)

Quando Hannah Arendt morreu, de um infarto fulminante, no dia 4 de dezembro de 1975, havia iniciado a última parte da obra “A vida do espírito”, intitulada "O Julgar". Na verdade, havia apenas colocado a página com o título em sua máquina de escrever e também destacado duas citações, uma delas do Fausto, de Goethe, que dizia: Se eu pudesse libertar meu caminho da magia, se pudesse desaprender totalmente seus sortilégios, confrontar-te, Natureza, simplesmente como homem, ser um humano valeria então o esforço.

Encerrava-se ali uma trajetória de vinte e cinco anos de publicações, desde "A Origem do Totalitarismo", no qual Hannah Arendt afirma, como um recado que se poderia ler no último jornal de domingo: Esse livro foi escrito com mescla do otimismo temerário e do desespero temerário. Afirma que o Progresso e a Ruína são duas faces da mesma medalha; que ambos resultam da superstição, não da fé. Foi escrito com a convicção de serem passíveis de descoberta os mecanismos que dissolveram os tradicionais elementos do nosso mundo político e espiritual num amálgama, onde tudo parece ter perdido seu valor específico, escapando da nossa compreensão e tornando-se inútil para fins humanos.

No seu velório, o editor William Jovanovich, disse sobre ela: Ela era ardorosa como os que acreditam na justiça podem tornar-se e como os que acreditam na misericórdia devem permanecer. E concluiu dizendo: Ela, aonde a investigação séria a levasse e , se fez inimigos, nunca foi por medo.

Hannah Arendt envolveu-se em diversas polêmicas, começando pela "Origem do Totalitarismo"no qual comparou o nazismo e o stalinismo, igualando seu poder destrutivo e sua capacidade de aniquilar a dignidade já que ambos eram formas de repressão da pluralidade humana. No início dos anos 60, com sua obra "Eichmann em Jerusalém"causou uma comoção na comunidade judaica ao, aparentemente, diluir a figura do assassino Eichmann em um burocrata insípido: As suas ações eram monstruosas, mas quem as fez era quase normal, nem demoníaco, nem monstruoso, diz Arendt, buscando compreender o que torna pessoas como esse homem medíocre capazes das mais vis atrocidades. O mal é a irreflexão, conclui. Por isso o mal é banal, não por não ser sério e terrível, mas por estar ao alcance de qualquer um, a qualquer momento. Daí decorre uma questão, levantada pela filósofa italiana Michela Marzano, e que não foi suficientemente discutida na época da publicação do livro, ocupados que estavam seus afetos e desafetos em meio ao desejo de cancelamento da pensadora: Como se faz para fazer o bem quando é tão fácil escorregar para a barbárie, quando basta deixar-se levar pelo fluxo das pulsões para se esquecer da nossa humanidade comum?

Alguns anos antes de Eichmann em Jerusalém, Hannah Arendt publicou "A Condição Humana", livro no qual deu continuidade à sua perplexidade sobre o que havia acontecido com a vida pública, com a Política, com o contrato no qual as pessoas se comprometiam a um bem comum, condição indissociável de qualquer projeto de realização individual. Hannah volta-se para os gregos e para a construção desse modelo que se chamou Democracia para acompanhar e compreender o que havia se perdido de lá para cá. A conclusão da autora é que palavras fundamentais para a nossa concepção de sociedade democrática, como Liberdade e Igualdade, só são possíveis de existir no espaço público, o espaço da Ação, no qual pessoas livres e iguais em direitos criam um mundo novo e o dividem em uma rede de relacionamentos onde não há um autor, mas enredos que são partilhados. No entanto, a modernidade asfixiou esse espaço público e o substituiu pela Economia, pelo Labor, pela vida nua, a simples reprodução de bens de consumo sem outros fins que a da satisfação momentânea, fugaz. Como diz a autora:  E, realmente, entre as principais características da era moderna, desde o seu início até o nosso tempo, encontramos as atitudes típicas do homo faber: a instrumentalização do mundo, a confiança nas ferramentas e na produtividade do fazedor de objetos artificiais; a confiança no caráter global da categoria de meios e fins e a convicção de que qualquer assunto pode ser resolvido e qualquer motivação humana reduzida ao princípio da utilidade.

Na mesma época da produção dessa obra, Hannah Arendt escreveu um ensaio chamado "A crise da Educação", no qual reitera o papel coletivo na construção da sociedade, a diferença entre o mundo da casa - no qual os pais educam os filhos para a sobrevivência - e o espaço público, onde as crianças aprendem sobre o mundo e sobre como cuidar dele. Fala ainda da responsabilidade dos adultos, afirmando que ser professor não é só transmitir conteúdos mas, igualmente, responsabilizar-se dessa tarefa de proteger o mundo das crianças e as crianças do mundo, apresentando a elas o que há para ser preservado e dando a elas ferramentas de transformação do que precisa avançar. Para Hannah Arendt, a crise da Educação consistia exatamente na omissão dos adultos dessa tarefa, na qual sofria o mundo, amofinava-se o espaço público e quebrava a bússola das crianças, deixando-as à mercê das superstições e de seus desejos mais primários.

Para Hannah Arendt, a Política era a palavra chave do nosso tempo. Era preciso compreender o que se passava, pois não podemos nos dar ao luxo de extrair aquilo que foi bom no passado e simplesmente chamá-lo de nossa herança, deixar de lado o mau e simplesmente considerá-lo um peso morto, que o tempo, por si mesmo, relegará ao esquecimento. Era preciso agir, exercendo nossa capacidade de Julgar, evitando perder esse terreno construído (com tanto custo) de Liberdade e Igualdade. Como ela diz, no epílogo de seu "A Promessa da Política": o moderno crescimento da ausência do mundo, a destruição de tudo que há entre nós, pode ser também descrito como a expansão do deserto (…) O perigo está em nos tornarmos verdadeiros habitantes do deserto e nele passarmos a nos sentir em casa.

Por isso, por tudo isso, e tanto mais, Hannah Arendt é uma leitura necessária, uma reflexão necessária, uma memória necessária. Porque o pensamento de Arendt é uma apelo para escutarmos uns aos outros e assim sobrevivermos aos cantos das sereias que querem nos conduzir para as rochas. E para compreendermos que o melhor que construímos ao longo do tempo nunca foi para a glória de um mas para o bem estar de muitos, que não chega a ser uma expectativa excitante, mas é a mais humana das possibilidades que dispomos para não perecermos no deserto. 

*Daniel Medeiros é doutor em Educação Histórica e professor no Curso Positivo.
daniemedeiros.articulista@gmail.com
@profdanielmedeiros



No próximo domingo (12), Dia dos Namorados, milhares de concurseiros em diversos estados do país farão provas de concursos públicos em busca de um futuro melhor. Um levantamento realizado pela equipe do Gran Cursos Online mostra que pelo menos 10 certames terão avaliações realizadas neste dia especial.

Pensando em ajudar os concurseiros apaixonados, nesta sexta-feira (10/06), às 18h, especialistas do Gran Cursos Online vão dar dicas de como ter um relacionamento saudável durante essa fase. Participam do evento a psicóloga profissional do Gran Cursos Online especializada em apoio a estudantes para concursos públicos, Juliana Gebrim, e os professores Diogo Alves, Luana Davico, e Roberta Queiroz. As inscrições são gratuitas e a transmissão será pelo canal do Gran Cursos Online no YouTube. 

Dicas – De acordo com Juliana Gebrim, psicóloga profissional do Gran Cursos Online especializada em apoio a estudantes para concursos públicos, cultivar um relacionamento saudável durante essa missão é determinante para o sucesso do candidato. “Afaste-se de relacionamentos tóxicos porque eles podem prejudicar o seu sonho. A falta de parceria será mais um fator para te estressar e, como sabemos, não faltam fatores para estressar os candidatos, que sofrem grandes pressões”, destaca. 

Gebrim ressalta que, para alcançar a tão sonhada aprovação e amar, é preciso ter tempo, comprometimento e controle emocional. “Quando as pessoas estão se preparando para grandes desafios, novas oportunidades, sempre ficam nervosas, ansiosas por alcançar os objetivos traçados”, disse.

A especialista também orienta que, quando só um dos dois está estudando, a falta de parceria pode gerar conflitos ou desânimo para os estudos, por isso é importante definir prioridades para equilibrar a relação namoro e estudo. 

“É preciso equilibrar as horas de estudos, priorizar os momentos a dois no tempo de descanso, aproveitar integralmente os momentos com os parceiros, além de estudar muito para alcançar o objetivo”, orienta. “O relacionamento precisa ser sustentado pelo diálogo e pela cumplicidade. Isso pode ser um grande fator motivacional para que a pessoa alcance a aprovação”, completa. 

Veja 11 certames que serão realizados no Dia dos Namorados! 


Prefeitura de Goiânia:

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 1.376 vagas

Remuneração: R$ 1.075,49 a R$ 3.452,93


Polícia Civil de São Paulo (PC/SP)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 250 vagas

Remuneração: R$ 10.382,48


Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 28 vagas

Remuneração:  até R$ 7.352,93

Metrofor

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 148 vagas + 674 vagas de CR

Remuneração: até R$ 2.894,47


Hospital Universitário da USP (HU/USP)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 35 vagas 

Remuneração: até R$ 9.257,99


Polícia Civil de São Paulo (PC/SP) - Médico Legista 

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 189 vagas

Remuneração: R$ 8.699,94


Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 5 vagas + CR

Remuneração: até R$ 4.180,66


Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP/SC)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 1.050 vagas temporárias

Remuneração: até R$ 5.331,60


Conselho Regional de Enfermagem do Amapá (Coren/ AP)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 340 vagas

Remuneração: R$ 1.212,00 a R$ 5.100,44


Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 250 vagas

Remuneração: R$ 3.803,27


Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MP/SC)

Data da prova: 12 de junho 

Vagas: 50 vagas

Remuneração: R$ 6.233,73 a R$ 8.040,06

6/10/2022 02:39:00 PM
O Instituto recebeu R$ 550 mil em emendas parlamentares da deputada federal. Novo espaço vai atender 200 alunos


Foto: Fernando Lopes.

O Instituto Federal de Brasília Campus Ceilândia inaugurou nesta quinta-feira (9) o Espaço Interativo do Idoso. A sala que abriga aparelhos modernos de informática é fruto de R$150 mil de emenda parlamentar da deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) e vai ofertar cursos de qualificação profissional ao público com mais de 60 anos.

A sala conta com lousa interativa digital, óculos 3D, impressora 3D, TV 65 polegadas, roteadores wi-fi, notebooks, smartphones, entre outros. A expectativa de atendimento do local é de 200 idosos a cada semestre.

"É uma oportunidade de qualificar estes idosos, mostrar que são capazes de proporcionar mais qualidade de vida. Eles merecem e fico muito feliz em poder, junto com o IFB, oferecer um espaço de excelência, que reflete o carinho que eles merecem ter neste atendimento", afirmou Flávia Arruda.

De acordo com o IFB, as características especiais do espaço vão reduzir o déficit sensorial e cognitivo dos idosos, além de proporcionar uma melhor interação, desenvolvendo e fortalecendo laços de amizades, melhorando a qualidade de vida e o aumento da autoestima e autonomia.

"Nosso campus tem tradição na oferta de cursos para idosos, além de outras ações de extensão como o coral. Este investimento qualificará e muito o atendimento a este público, contemplando ainda mais a população da Ceilândia", disse o diretor-geral do campus, Ricardo Frangiosi de Moura.


O Instituto Ester Assumpção, organização não governamental e sem fins lucrativos, que atua em prol da inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho e na educação, divulga oportunidades de emprego para indivíduos com a condição. Há vagas para diversos níveis de escolaridade e experiência na plataforma, 100% acessível, que pode ser acessada por meio do endereço eletrônico www.ester.org.br.

Além de se inscrever nas vagas já disponíveis, as pessoas com deficiência podem cadastrar o currículo na plataforma para futuras oportunidades, conforme aponta a psicóloga e coordenadora de projetos do Instituto Ester Assumpção, Cíntia Santos. "O nosso propósito é realmente ser um elo entre profissionais e organizações que necessitam de força de trabalho e, principalmente, enxerguem o potencial produtivo da pessoa com deficiência. Caso não tenha a vaga pretendida no momento, é interessante deixar as informações cadastradas, pois a plataforma é também uma vitrine", destaca a especialista.

A coordenadora de projetos ressalta que há um trabalho intenso e contínuo sendo realizado com organizações de todo o país para que vagas sejam disponibilizadas por meio da plataforma. "Temos conquistado êxito nesta missão de ser uma ponte entre as pontas que precisam se encontrar: a empresa, que precisa preencher a vaga, e a pessoa com deficiência, que muitas vezes se vê perdida ao buscar suas oportunidades. Paralelo a isso, realizamos diversas ações que visam capacitar os profissionais com a condição para que se preparem melhor para o mercado, que está cada vez mais competitivo", complementa Cíntia Santos.  

Há vagas

Oportunidades para diversos níveis de escolaridade e cargos estão disponíveis na plataforma, como, técnico de enfermagem, auxiliar de processamento, auxiliar administrativo, porteiro, conferente, separador e muitos outros. Tanto empresas podem cadastrar novas vagas, quanto candidatos podem deixar o currículo cadastrado para futuras demandas.

Lei de Cotas

Pessoas com deficiência são amparadas pela Lei 8213/91, conhecida como Lei de Cotas, que determina a contratação de 2% a 5% de trabalhadores com deficiência em organizações com 100 ou mais funcionários. Por mais que exista a previsão na legislação de reservar um percentual de vagas para profissionais com a condição, o desafio do Instituto Ester Assumpção e conscientizar as organizações para que não sejam meras cumpridoras do que é determinado. "O nosso intuito é mostrar que as empresas não precisam apenas seguir o que a lei manda, mas que podem aumentar a sua produtividade e, ao mesmo tempo serem socialmente responsáveis", destaca a coordenadora de projetos.

Para as organizações que ainda não têm a cultura de inclusão implementada, Cíntia Santos ressalta que um dos objetivos do Instituto Ester Assumpção é ajudar as empresas, por meio de consultorias, a se adequarem. "Às vezes, a falta de conhecimento e capacitação dos seus gestores são os motivos de as empresas não serem inclusivas. O nosso trabalho visa, além e criar a cultura organizacional inclusiva, mostrar que algumas adequações são necessárias, tanto estrutural quanto de conduta. Com o nosso trabalho, esperamos tornar o mercado de trabalho mais inclusivo e com a nossa nova plataforma, a união entre candidatos e vagas será facilitada", conclui.

Instituto Ester Assumpção

Fundado no ano de 1987, o Instituto Ester Assumpção é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos criada por Ester Assumpção, educadora nacionalmente conhecida pelo caráter pioneiro e inovador no campo da educação. A instituição atua no campo da inclusão da pessoa com deficiência e tem como foco contribuir para a construção de uma sociedade mais inclusiva, onde a diversidade seja aceita e respeitada na sua integralidade. As principais frentes de atuação são a qualificação e inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho e a consultoria para que as organizações se adequem e cumpram o papel social de promover a inclusão.

Site para cadastro de vagas e currículos: https://www.ester.org.br

Instagram: https://www.instagram.com/institutoesterassumpcao/

Facebook: https://www.facebook.com/institutoesterassumpcao/

 

Escolas do Grupo educacional que é referência no Brasil se transformam em tempo recorde


Crédito: divulgação/Colégio Positivo


O Colégio Positivo, pertencente a um dos grupos educacionais referência no país, presente em sete cidades nos estados do Paraná e Santa Catarina, e que atende alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, investiu R$ 34 milhões nas últimas reformas que transformaram a estrutura de cinco unidades da rede. Ao todo, passaram por obras aproximadamente 25 mil metros quadrados em um prazo de 40 dias.

Outras unidades já haviam recebido investimentos em 2021, totalizando mais de R$ 50 milhões em reformas estruturais que prepararam as escolas para receber os alunos no pós-pandemia. As adequações garantem segurança e proteção dentro das instituições, mas também deixam o espaço pronto para uma nova forma de ensinar. “A pandemia nos mostrou novos caminhos para a Educação. Hoje, valorizamos ainda mais os nossos espaços abertos, o contato com a natureza, e a utilização desses ambientes como espaços pedagógicos. Vemos, também, ainda mais relevância na experimentação, em que as crianças vivenciam novas experiências, propõem soluções para problemas da sociedade e colocam seus sentidos em ação”, revela o diretor-executivo dos colégios do Grupo Positivo, Celso Hartmann.

Espaços adaptados

Salas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental se tornaram espaços mais interativos e flexíveis para o desenvolvimento das crianças, seguindo os novos conceitos didáticos que estimulam a criatividade e o aprendizado. Os pátios recreativos, por exemplo, receberam revestimentos adequados a cada faixa etária e brinquedos lúdicos que ajudam no desenvolvimento da motricidade.

“Na unidade Jardim Ambiental, em Curitiba, criamos o Natural Garden, onde as crianças podem experimentar diferentes sensações. Têm contato com a terra, a grama, a água, e podem explorar seus sentidos. Queremos que o nosso ensino vá além do que o currículo escolar prevê, que possa ser um aprendizado de humanidade e vivência”, ressalta Hartmann.

Em Curitiba, as obras nas três unidades mais antigas foram iniciadas  pelas fachadas. No Colégio Positivo - Júnior, as principais mudanças foram feitas nas salas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, que tornaram-se espaços planejados para acolher a natureza lúdica das crianças, promovendo um ambiente de desenvolvimento e múltiplas aprendizagens. Além disso, os pátios recreativos receberam revestimentos adequados a cada faixa etária, assim como mobiliário para aulas ao ar livre. No Colégio Positivo - Jardim Ambiental, a Educação Infantil ganhou novas salas de aulas, ainda mais aconchegantes, criando um ambiente que une conceitos de multissensorialidade e autonomia dos alunos, trazendo características e mobiliário que estimulam o desenvolvimento das crianças. O Colégio Positivo - Ângelo Sampaio recebeu, ainda, novos laboratórios, como os de Saúde e de Empreendedorismo, próprios para o desenvolvimento dos novos itinerários formativos do Ensino Médio. Outras unidades que ganharam investimentos foram o Colégio Passo Certo, em Cascavel, e o Colégio Vila Olímpia, em Florianópolis.

 

Sobre o Colégio Positivo

O Colégio Positivo compreende sete unidades na cidade de Curitiba, onde nasceu e desenvolveu o modelo de ensino levado a todo o país e ao exterior. O Colégio Positivo - Júnior, o Colégio Positivo - Jardim Ambiental, o Colégio Positivo - Ângelo Sampaio, o Colégio Positivo - Hauer, o Positivo International School, o Colégio Positivo - Água Verde e o Colégio Positivo - Boa Vista atendem alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio, sempre combinando tecnologia aplicada à educação, material didático atualizado e professores qualificados, com o compromisso de formar cidadãos conscientes e solidários. Em 2016, o grupo chegou em Santa Catarina - onde hoje fica o Colégio Positivo - Joinville e o Colégio Positivo - Joinville Jr. Em 2017, foi incorporado ao grupo o Colégio Positivo – Santa Maria, em Londrina (PR). Em 2018, o Positivo chegou a Ponta Grossa (PR), onde hoje está o Colégio Positivo - Master. Em 2019, somaram-se ao Grupo duas unidades da escola Passo Certo, em Cascavel (PR), e o Colégio Semeador, em Foz do Iguaçu (PR). Em 2020, o Colégio Vila Olímpia, em Florianópolis (SC), passou a fazer parte do Grupo. Em 2021, com a aquisição da St. James', em Londrina (PR), o Colégio Positivo passa a contar com 16 unidades de ensino, em sete cidades, no Sul do Brasil, que atendem, juntas, aproximadamente 16 mil alunos desde a Educação Infantil ao Ensino Médio.

6/10/2022 09:19:00 AM


Nesta quarta-feira (8/6), a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) lançou, em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU - DF), uma campanha sobre o descarte de resíduos provenientes de pequenas obras. Além disso, também foi lançado o Painel de Informações de Resíduos Sólidos, uma ferramenta que já está disponível no site institucional da Agência e apresenta de forma objetiva e acessível os dados relacionados à gestão de resíduos sólidos urbanos no DF

Fotos: Paulo Melo.
 
Cerca de 80 pessoas, entre representantes e autoridades de diversas instituições do governo e terceiro setor, participaram do evento. Compuseram a mesa de abertura, o secretário de Obras do Distrito Federal, Luciano Carvalho; o presidente do SLU, Silvio Vieira; o presidente da Federação de Indústrias do Distrito Federal (FIBRA), Jamal Bittar; e o diretor do Sindicato Indústrias Construção Civil do DF (Sinduscon -DF), João Carlos Lopes, além do diretor presidente da Adasa, Raimundo Ribeiro e demais diretores, Apolinário Rebelo, Felix Palazzo e Jorge Werneck,
 
Na fala de abertura, o diretor da Adasa, Apolinário Rebelo, destacou a importância das ferramentas de informação apresentadas. "Temos feito campanhas em vários momentos do ano. Campanhas sobre a chuva, a estiagem, o descarte de lixo. Mas é a primeira vez que lançamos uma campanha sobre o descarte de resíduos de obras, em um período extremamente importante, que é o período seco, onde a construção civil avança bastante no Distrito Federal. Além disso, o mundo vive um momento diferenciado, encerrando a fase mais crítica da pandemia, o que também estimula a retomada de construção e torna ainda mais necessário fazer um alerta mais contundente, um chamamento, esclarecimento, uma mobilização para o descarte correto de resíduos da construção civil", explicou Rebelo.
 
A campanha, que é voltada especialmente para o cidadão que realiza suas pequenas obras e reparos em casa, tem como objetivo tornar conhecido e incentivar o uso dos equipamentos de descarte desses resíduos: os papa-entulhos.
 
Para o presidente do SLU, a iniciativa demonstra que a Adasa não só fiscaliza, mas participa ativamente da orientação da população sobre o descarte correto de resíduos de obras. "Estamos na semana do meio ambiente, o que torna ainda mais oportuno o lançamento desta campanha. O descarte correto desses resíduos deve ser uma preocupação coletiva. Não apenas do gestor, mas do cidadão. Pois o descarte correto, além de contribuir para o meio ambiente, para o bom funcionamento da cidade, ainda contribui para que os materiais entregues tragam retorno financeiro para aqueles que trabalham com a reciclagem desses resíduos", enfatizou Vieira.
 
O secretário de Obras e Infraestrutura, Luciano Carvalho, lembrou que a construção civil é um dos grandes motores da economia e a secretaria tem atuado para dar estrutura e condições às pessoas, seja pela geração de empregos ou pelo melhoramento dos equipamentos públicos. "Essa campanha educativa é uma excelente iniciativa, porque impacta diretamente em diversas áreas do governo. E a iniciativa privada também é muito bem-vinda nesse contexto. Vejo, com muita importância, a reciclagem desse material. Precisamos evoluir nesse quesito da sustentabilidade e pensar em formas de aproveitar o uso desses resíduos reciclados nas próprias ações de governo", afirmou Carvalho.
 
O diretor presidente da Adasa, Raimundo Ribeiro, encerrou o evento ressaltando a importância das parcerias e agradecendo todas as instituições. "Nós somos um só. SLU. Sema. Terracap. Demais secretarias. O cidadão, que é o nosso patrão, não quer saber qual é a instituição responsável por aquele serviço ou quem é o responsável por aquela instituição, ele quer saber que horas aquele serviço será entregue. Então, quando a Adasa se propõe em não apenas normatizar ou regular, queremos demonstrar que a nossa disposição é essa, porque o nosso entendimento é que o nosso dever é conjunto. Sozinhos, não conseguimos fazer nada. Se nós trabalharmos coletivamente, com certeza seremos mais produtivos para a sociedade. Quando buscamos parcerias com FIBRA, SESC, SENAI e Sinduscon, lembramos que as pessoas que não estão no governo também querem colaborar", finalizou.

6/10/2022 09:14:00 AM


O Fluminense recebeu o Atlético e logo apresentou seu cartão de visitas, com Cano perdendo uma grande oportunidade frente a frente com o goleiro


Jogando com as linhas avançadas,  o Fluminense  ocupava o campo ofensivo e pressionava o adversário com Luiz Henrique e Arias pelas laterais do campo.

O Atlético só conseguia criar pela nossa lateral esquerda onde  Cris perdia todas as disputas.

A pressão funcionou e aos 17 minutos Ganso faz jogada pela ponta esquerda,  toca para Luiz Henrique que dentro da área dá um toque de calcanhar para Arias colocar no ângulo do goleiro, fazendo 1x0.

O Fluminense não diminuiu o ritmo,  e aos 28 minutos Cano fez 2x0 numa bela troca de passes desde a nossa intermediária defensiva.

Aos 34 minutos, numa lambança de Fábio e Wellington (ficar tocando dentro da nossa área), Hulk diminuiu.

Mas aos 36, numa bela troca de passes pela direita,  Luiz Henrique colocou na cabeça de Samuel Xavier que faz 3x1.

Aos 48 minutos,  o galo diminuiu numa troca de passes pela direita e Jair colocou no canto de Fábio.

Pra variar,  uma péssima arbitragem (o que é normal no futebol brasileiro), mas um primeiro tempo digno da grandeza dos  campeões carioca e mineiro.

Voltamos para o segundo tempo e,  apesar de  iniciar bem, novamente num erro de troca de passe próximo da nossa área, o adversário empatou o jogo.

O Fluminense continuou atacando e aos 12 minutos,  Cano estufa as redes, fazendo 4x3 num jogo sensacional.

Aos 15 minutos,  Diniz colocou Felipe Melo no lugar de Wellington.

Aos 17 minutos,  num primoroso lançamento de André,  Luiz Henrique fez 5x3.

Aos 30 minutos sai Ganso para entrar Yago.

Aos 42 minutos,  entraram Lucas Claro,  Caio Paulista e Bigode saindo Luiz Henrique,  Cano e Arias.

Um jogo épico, com atuação magistral do Fluminense em que os torcedores pagaram ingresso mas deveriam pagar couvert artístico.

Esta exibição de gala do Fluminense enche de orgulho os tricolores, pois não vencemos um adversário qualquer; vencemos (e convencemos) o  campeão brasileiro e da copa do Brasil, com uma atuação tática perfeita (mérito de Diniz) e o talento individual de André,  Arias, Ganso, Cano, e Luiz Henrique mostrando todo o seu exuberante futebol.

O Atlético está de parabéns também, pois fez uma grande atuação,  mas teve pela frente uma memorável atuação do Fluminense, atuação que demonstra que tem time para disputar o título em igualdade de condições com os adversários,  principalmente Atlético,  Palmeiras,  Corinthians e São Paulo.

Agora cabe ao torcedor lotar o Maracanã no sábado em busca de outra vitória contra o Atlético/Go.

Bora FLUZÃO!

*Raimundo Ribeiro é apaixonado por futebol e naturalmente tricolor.

Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br

Nesta quarta-feira (08/06), o prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto esteve em Maniratuba, cerca de 100 km da sede do município, onde acompanhou de perto os serviços ofertados pela Secretaria de Saúde, como exames de hematologia, bioquímica, imunologia, urinálise e parasitologia, que antes só eram disponibilizados no Cais, em Luziânia, e agora pelo menos uma vez por semana estão disponíveis na UBSF do distrito. Na unidade ainda acontece a vacinação contra Influenza e Sarampo

Fotos: Pedro Henrique Melo.

 Já o Trailer Odontológico Móvel ficou estacionado na Escola Municipal Realino Caixeta, onde dezenas de atendimentos foram realizados. "A regionalização dos serviços de Saúde é um projeto nosso desde o início do mandato, que somente agora, com o arrefecimento da pandemia, está sendo possível", afirmou o prefeito.

Na ocasião, Diego Sorgatto ainda entregou dois caminhões, uma pá carregadeira, uma motoniveladora e um veículo pequeno para realização de reparos de vicinais e outros serviços na região. De acordo com o gestor do município, o maquinário e o veículo ficarão definitivamente no distrito. "Precisamos melhorar a vida dos moradores da zona rural, o que estamos fazendo hoje aqui vai ajudar muito nesse sentido", concluiu.

Mais de 300 empresários, expoentes do mercado nacional, se reuniram na noite desta segunda-feira (6) em um grande jantar beneficente promovido pelo Grupo Mercado & Opinião no Palácio Tangará, em São Paulo. O evento promovido pelo grupo mobilizou centenas de representantes empresariais do país em prol da ONG Amigos do Bem, liderada pela fundadora e presidente do projeto social, Alcione Albanesi. O evento aconteceu nesta segunda-feira (6) no Palácio Tangará, em São Paulo, e a iniciativa arrecadou mais de R$ 8,5 milhões


  Com o objetivo de arrecadar fundos para a instituição, que atua há 29 anos no sertão nordestino, nos estados de Alagoas, Ceará e Recife, nas frentes de saúde, água e moradia, trabalho, renda e educação, além de apoiar a força-tarefa realizada pela ONG para levar doações às vítimas das chuvas em Recife a cerimônia beneficente contou com nomes expoentes do setor produtivo.

De acordo Idealizador e CEO do Grupo Mercado & Opinião, Marcos Koenigkan, que congrega empresas de armazenagem, Self Storage, aluguéis de utilitários, transportes, artes e investimentos imobiliários o Mercado & Opinião integra os  621 maiores empresários brasileiros. Companhias aéreas, donos de emissoras de televisão, relevantes segmentos industriais e siderúrgicos e varejistas são membros deste importante grupo de empresários do Brasil.



Koenigkan enfatizou o papel e a responsabilidade social cumprida com critério e comprometimento pelo setor produtivo no país. "Geramos renda, empregos e sobretudo cumprimos com transparência e seriedade a responsabilidade social do setor privado. A ONG AMIGOS DO BEM demonstrou seus valores e organização na apresentação do jantar desta noite. Em menos de oito minutos chegamos à cifra de mais de R$ 8,5 milhões arrecadados, que com certeza chegarão às comunidades nordestinas", comemorou o CEO do grupo  Mercado & Opinião.

Estiveram presentes Luciano Huck, Bruna Lombardi, que foi mestre de cerimônias, Luiza Helena Trajano, Paulo Kakinoff, Chieko Aoki, Sonia Hess, Rubens Barrichello – que doou um macacão de corrida para ser leiloado em prol do evento – entre muitos outros. Confira na galeria abaixo.

Rubens Barrichello, Marcelo Carvalho e Luciano Huck.


Marcos Koenigkan e Tatiana , Lucilene Dutra( Grupo Tabocão) e Angela Ramalho (OR BANK).


Paulo Kakinoff (Presidente da Gol) , Luiza Trajano (Magalu), Luciano Huck e Bruna Lombardi em um debate incrível , mostrando a todos a importância dos empresários se envolverem em causas sociais .

Para conhecer e ajudar, acesse o site da ONG Amigos do Bem (linkar na publicação https://www.amigosdobem.org/)

6/09/2022 10:07:00 PM
Na última quarta-feira (8), foi divulgada uma pesquisa do Real Time Big Data, encomendada pela Record TV, em que é apontado que Ibaneis Rocha (MDB) aparece em primeiro lugar em todos os cenários

Foto: Marcos Montes.

Em uma pesquisa espontânea, quando o pesquisador pergunta ao entrevistado em quem ele votaria, Ibaneis aparece com 14% das intenções de votos, na frente de Reguffe (União Brasil), com 5%, de Arruda (PL), que tem seu nome apresentado, com 3%, de Leila do Vôlei (PDT), citada por 2% dos entrevistados e de Leandro Grass (PV), que aparece com 1%. Outros candidatos somados possuem 4%. Representam a porcentagem de brancos ou nulos 20%. Aqueles que não sabem ou não quiseram responder representam 51%.

Com a pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados, em um primeiro contexto, Ibaneis aparece com 28%, Arruda ainda é colocado, com 17%. Em seguida, Reguffe, citado por 16% dos entrevistados, Leila com 5%, Grass com 4%, Keka Bagno (PSOL) apontada por 1%, o mesmo que Rafael Parente (PSB). Lucas Salles também aparece nesse cenário, mas com 0%. Brancos e nulos representam 13%. Não souberam ou não quiseram participar, 15%.

Se Reguffe não disputar, Ibaneis sobe para 31% das intenções, enquanto Arruda fica com 20%, Leila com 6% e Leandro Grass, 4%. Em um cenário sem Arruda, o governador Ibaneis Rocha sobe para 37% das intenções de votos, seguido por Leila, com 9% e Leandro com 6%.

Dados técnicos
A pesquisa foi realizada por telefone com 1.500 entrevistados, entre os dias 6 e 7 de junho. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança do levantamento é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número DF-00040/2022.

6/09/2022 10:06:00 PM
Na manhã desta terça-feira (07/06), o governador Ibaneis Rocha assinou a ordem de serviço que indica o início das obras para construção de 9.1km de ciclovia, entre a saída do Gama e o Catetinho, na DF-480



Fotos: Ygor Madeiro.

A obra, que conta com verba destinada pela deputada distrital Jaqueline Silva (Agir), beneficiará cerca de 10 mil ciclistas que passam pela via diariamente. A distrital comemorou o lançamento da obra destacando outras ações do seu mandato em favor da construção de mais ciclovias: "a gente já começou o governo entregando a ciclovia 483, entregamos a Vicinal 371 com ciclovia e estamos fazendo a VC 361, também com ciclovia. Então, em nome dos atletas do pedal, eu posso dizer que temos um compromisso com vocês". "Brasília é a segunda maior cidade em ciclovias do país e a gente espera alcançar o título de primeira, o mais breve possível", disse o governador Ibaneis Rocha, demonstrando interesse em expandir ainda mais as vias dedicadas ao ciclismo, na capital.

Fernando Gomes, ciclista e integrante do grupo Calangos do Pedal, lembrou que essa realização foi uma "reivindicação coletiva, que uniu mais de 2 mil assinaturas e foram entregues à deputada Jaqueline Silva". Somente no Gama, existem, atualmente, 19 grupos de ciclismo, com média de 150 integrantes, que circulam pelas vias da região sul do DF.
Conheça o portal FOCO NACIONAL: foconacional.com.br


Para quem tanto aguardava para matar a saudade de um dos rodeios mais tradicionais do país, a justiça acaba de liberar a realização das montarias em touros na 17ª edição do Pedro Leopoldo Rodeio Show. Após esquentar o público nas duas primeiras noites, na última semana, o festival apresenta mais um fim de semana repleto de emoções. Nos dias 10 e 11 de junho, sexta e sábado, o Parque de Exposições (Av. Rômulo Joviano, Dona Julia, Pedro Leopoldo/MG) será palco para João Neto & Frederico, Clayton & Romário, Henrique & Juliano, Israel & Rodolffo, Alok, Bárbara Labres, Dennis DJ e várias outras atrações em quatro palcos, além das emoções das provas na arena com a locução de Cuiabanno Lima.

O show de Zé Neto & Cristiano, que aconteceria na sexta-feira, 10/06, não será realizado devido ao acidente do cantor Zé Neto e, na mesma noite, João Neto & Frederico e Clayton & Romário foram escalados para agitar o público. As provas de rodeio, tão esperadas pelos amantes do esporte, vão abrir a programação do evento.

Para O CEO do Pedro Leopoldo Rodeio Show, Tiago de Brito, a 17ª edição do evento tem sido especial. "Foi emocionante voltar a realizar a festa depois de dois anos. Se no último fim de semana já foi incrível, com Gusttavo Lima, Bruno & Marrone e várias outras atrações, imagine como vai ser o próximo, que além dos grandes shows, vai ser o marco da retomada das provas de rodeio em Pedro Leopoldo? Com certeza, esta edição já está marcada na história e ficou eternizada na transmissão de sábado, realizada pelo Multishow, que exibiu as apresentações de Jorge & Mateus e Os Barões da Pisadinha na íntegra para todo o país", diz o produtor de eventos.

O evento conta com quatro palcos e, neste fim de semana, o principal receberá, Israel & Rodolffo, João Neto & Frederico, Clayton & Romário, Dennis DJ, Bárbara Labres, Henrique & Juliano e Alok. Em outro ponto do festival, o palco 2, intitulado como "Talentos da Terra" vai presentear o público com o Festival Viola das Gerais, com muita música caipira. Já no Camarote Ala Vip, Chris Pipino e Chama o Síndico serão os responsáveis por esquentar o público. Aos amantes do eletrônico, o Camarote Fusion vai balançar com o DJ White Sheep e o DJ SKOG.

As emoções do rodeio

Nas duas últimas noites do Pedro Leopoldo Rodeio Show 2022, logo após a abertura dos portões e o tradicional show pirotécnico, o Parque de Exposições Assis Chateaubriand recebe as provas de rodeio, com a locução de Cuiabanno Lima, premiações em dinheiro e classificação para o circuito nacional do Campeonato Rodeio Bulls (CRB), um dos maiores e mais concorridos do país.

De acordo com Ivan BH, responsável pelas provas, após dois anos sem a realização dos campeonatos, a classificação ao CRB será uma injeção de adrenalina a mais para os peões.  "O Pedro Leopoldo Rodeio Show é uma etapa do CRB. Ele é interestadual, com as etapas de São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Espírito Santo. Neste ano, as montarias em touro também farão parte do circuito nacional. Lembro que há alguns anos PLRS é a final do CRB, porém, por motivo de cuidados em razão da pandemia da Covid-19, as competições haviam sido interrompidas, assim como o próprio rodeio, mas neste ano, começam para valer", explica. 

Segundo Ivan BH, quem ganhar a competição no Pedro Leopoldo Rodeio Show vai para a grande final, que acontece no ano que vem. Além disso, ele comenta que haverá premiação em dinheiro nas etapas do rodeio. "O campeonato classifica o participante para a grande final, que será no PLRS 2023. Já o prêmio de cada etapa, algo para os competidores já se animarem, será de R$12 mil. Mas adiciono que até o final do campeonato, serão o total de quase R$200 mil em compensação. Assim, a remuneração será uma injeção a mais de ânimo para os participantes que são apaixonados pela emoção da arena. Vale a pena participar desta competição que enaltece ainda mais a maior festa de peão do Brasil que é o Pedro Leopoldo Rodeio Show", conclui.

Para que o espetáculo do rodeio aconteça, é necessário montar a arena, que recebe mais de 15 carretas de areia na pista para que seja usada por 20 cowboys de todo Brasil e um total de 60 touros e mais de 30 cavalos. Para garantir os bons tratos aos animais, o Pedro Leopoldo Rodeio Show conta com uma equipe de cuidadores, sob o comando da médica veterinária Lucienne Mundim, que possui grande experiência no segmento.

 

Programação

Sexta-Feira 10/06

20h30 – Abertura do Parque de Exposições

21h – Abertura do Rodeio e Show pirotécnico – Arena

21h30 – Arena: Rodeio em Touros;

21h30 – Show Palco 2: Festival Viola das Gerais

23h30 – Show Palco Principal: Israel & Rodolffo, João Neto & Frederico, Clayton & Romário e Dennis DJ

03h45 – Show Camarote Ala Vip: Chris Pipino

03h45 – Balada Camarote Fusion: White Sheep

 

Sábado 11/06

20h30 – Abertura do Parque de Exposições

21h – Abertura do Rodeio e show pirotécnico – Arena

21h30 – Arena: Rodeio em Touros

21h30 – Show Palco 2: Festival Viola das Gerais

23h30 – Show Palco Principal: Henrique & Juliano, Alok e Bárbara Labres

03h45 – Show Camarote Ala Vip: Chama o Síndico

03h45 – Balada Camarote Fusion: Skog

 

Vendas de ingressos: https://abre.ai/plrs2022

Classificação: 16 anos - Menores de 16 anos terão acesso ao evento somente acompanhados dos pais ou tutor. Na ausência, o menor deverá ir acompanhado de um maior e munido de uma autorização assinada pelos pais.

 


CLIQUE AQUI E VEJA MINA CASA, MINHA VIDA VALPARAISO

Tecnologia do Blogger.